conecte-se conosco

PBSérie CÚltimas

João Pessoa pode liberar 20% de público nos estádios, mas precisa de consenso com Estado

Publicados

em

A Prefeitura de João Pessoa estuda a liberação de público nos estádios. A ideia é de que possa receber até 20% da capacidade do local. Com o avanço da vacinação contra a covid-19 e a diminuição no número de casos – que ainda está longe do ideal, com uma média móvel de 42,8 mil casos diários no Brasil e 1.244 mortes por dia -, a possibilidade entrará em pauta para discussão. A declaração foi dada pelo próprio prefeito do município, Cícero Lucena, à TV Cabo Branco, de João Pessoa.

“Os números poderiam permitir que abríssemos um pouco mais dos eventos esportivos. Acredito que no próximo decreto vamos ocupar o estádio com pelo menos 20% do público, com todos usando máscaras, com as pessoas tendo a consciência que, mesmo tomando a vacina, é preciso continuar com os mesmos cuidados, evitando a contaminação e repassando a doença para terceiros”, disse o prefeito.

A reportagem do NE45 entrou em contato com o coordenador de comunicação da Secretaria de Saúde de João Pessoa, Walter Dantas, que confirmou que a pauta deve ser posta em discussão no Comitê de Enfrentamento a Covid do município na próxima. Após o debate, caso haja um parecer favorável, será deliberada e entrará no próximo decreto a ser emitido pela prefeitura, no dia 30 deste mês, flexibilizando as restrições.

Diante deste cenário, há um porém. É preciso que o Governo do Estado da Paraíba aprove tais mudanças. Até porque, no país, os governos estaduais regem as regras de abertura e flexibilização de estabelecimentos, eventos e circulação, em parceria com as prefeituras. Mas é deles a palavra final. No caso de João Pessoa, o estádio Almeidão, onde o Botafogo-PB manda seus jogos, é administrado pelo Governo da Paraíba. Desta forma, há a possibilidade de a abertura ainda seja barrada.

O posicionamento do Estado sobre a reabertura é bastante cautelosa e vem se baseando numa reabertura somente com 70% da população local vacinada, se baseando em práticas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros órgãos de saúde mundiais acerca da pandemia da covid-19. Sem um consenso entre a Prefeitura de João Pessoa e o Governo da Paraíba, é improvável que haja essa liberação a partir do dia 30 de julho.

Atualmente, a Paraíba já registrou 441.054 casos de covid desde março de 2020. Ao todo, 8.841 pessoas vieram a óbito pela doença. O estado vem em queda no número de casos, assim como nas mortes. A sua média móvel está em 887 notificações diárias de casos e a média de mortes é de 12 óbitos por dia.

Trending