conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Vitória perde, chega a sete jogos sem vencer e afunda na zona de rebaixamento da Série B

Foto: Carlos Insaurriaga/GEB

Publicados

em

Uma rotina que vem tirando o sono do torcedor do Vitória. Em um confronto direto contra as últimas posições, o Leão foi derrotado pelo Brasil por 1 a 0, no estádio Bento Freitas, em Caxias do Sul, chegou ao sétimo jogo seguido sem vencer e afundou na zona de rebaixamento da Série B. 

Com o resultado, o Rubro-negro caiu para a 18ª posição, com míseros nove pontos, e pode terminar a 12ª rodada na lanterna da competição caso Ponte Preta e Londrina vençam Remo e Goiás ainda neste sábado (17). Já com o triunfo, o Brasil subiu para o 15º lugar, com 11 pontos.

Pressionado, o Vitória volta a campo na próxima terça-feira (20) para um novo confronto direto contra a zona de rebaixamento ao encarar a Ponte Preta, no Barradão.

O jogo

Para a partida, o técnico Ramon Menezes surpreendeu ao fazer uma dobra de laterais pelo lado esquerdo, com Roberto atuando mais recuado e Pedrinho atuando como ponta. Outras novidades foram a presença de Mateus Moraes na zaga e o retorno do uruguaio Pablo Siles no meio de campo. Porém, no primeiro tempo a estratégia do treinador não deu certo, com o Brasil com uma postura mais ofensiva em campo desde os primeiros minutos.

Para completar, a bruxa esteve solta no primeiro tempo. Logo aos 25 minutos, Ramon foi obrigado a queimar a primeira substituição quando Fernando Neto saiu de campo machucado para a entrada do garoto Eduardo. Pouco tempo depois, foi a vez de Thallisson Kelvin também deixar o campo machucado. João Victor foi acionado. Porém, antes mesmo do defensor tocar na bola, os donos da casa abriram o placar.

Aos 30 minutos, com a defesa do Vitória desajustada, a bola sobrou para o lateral Vidal completamente sem marcação na entrada da área, abrir o placar após corte mal feito.

Só após ficar em desvantagem, o Vitória conseguiu chegar com perigo ao ataque em dois lances. Ambos desperdiçados pelo veterano Dinei. No primeiro, aos 37 minutos, o atacante demorou a finalizar e foi desarmado dentro da área. No segundo, aos 42, subiu inteiro para cabecear, mas mandou para fora.

E para comprovar a série de lesões musculares da primeira etapa, o Brasil também perdeu um jogador, com o meia Luiz Fernando dando lugar ao atacante Jarro Pedroso

Segundo tempo

Com tantas trocas forçadas logo no primeiro tempo, os dois treinadores voltaram do intervalo sem novas alterações. Assim, a principal mudança no Vitória foi de postura, com o Leão sendo mais incisivo no jogo ofensivo.

Logo no primeiro minuto, Pedrinho mandou para fora uma excelente oportunidade de empatar ao mandar para fora após belo passe de David. Pouco tempo depois, outro jogador saiu machucado, com o Brasil perdendo o zagueiro Arthur. Alan Dias foi acionado.

Bem melhor em campo do que no primeiro tempo, o Vitória chegou próximo de empatar aos oito, com Mateus Morais mandando de cabeça no travessão, após saída errada do goleiro Matheus Nogueira. O rubro-negro baiano era outro em campo.

Aos 19, Ramon Menezes fez as suas três últimas mudanças, com as entradas de Wesley Pionteck, Bruno Oliveira e Eron, nas vagas de Gabriel Bispo, Roberto e Dinei, respectivamente. Um dos destaques da temporada, o meia-atacante Soares, no entanto, ficou no banco. As alterações, porém, não diminuíram o ímpeto do Leão, que seguiu dominando e pressionando em busca do empate.

No entanto, faltou mais uma vez competência ao Vitória, que vai aumentando a sua crise a cada vez que entra em campo. Situação preocupante.

Ficha do jogo

Brasil 1
Maheus Nogueira; Vidal, Leandro Camilo, Arthur (Alan Dias) e Kevin; Rômulo, Denilson (Wesley), Luiz Fernando (Jarro Pedroso) e Gabriel Terra (Renatinho); Netto (Pierini) e Ramon. Técnico: Cláudio Tencatti

Vitória 0
Ronaldo; Cedric, Thallisson Kelven (João Victor), Mateus Moraes e Roberto (Bruno Oliveira); Gabriel Bispo (Wesley Pionteck), Pablo Siles e Fernando Neto (Eduardo); David, Dinei (Eron) e Pedrinho. Técnico: Ramon Menezes.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro (RN)
Assistentes: Lorival Cândido das Flores e Jean Marcio do Santos (ambos do RN)
Gol: Vidal, aos 30 min do 1º tempo
Cartões amarelos: Wesley (B)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending