conecte-se conosco
Ramon Menezes, técnico do Vitória Ramon Menezes, técnico do Vitória

BASérie BÚltimasVitória

Ramon elogia atuação do Vitória e comemora fim de jejum na Série B

Publicados

em

Desafogo. O Vitória sofreu em alguns momentos, levou perigo da Ponte Preta, mas conseguiu, finalmente, vencer. Apesar do placar magro de 1 a 0, com gol marcado por Pablo Siles, o resultado deu ao Leão um respiro enorme da tabela, saindo do Z4 da Série B e voltando a somar três pontos após sete partidas.

Na coletiva pós-jogo, no Barradão, o técnico Ramon Menezes avaliou a partida. Elogiando a entrega dos atletas, o comandante disse que o Vitória fez um ‘ótimo’ duelo com a Macaca, além de ter comemorado bastante, naturalmente, o fim do jejum de triunfos no Brasileiro. Veja, na íntegra, os tópicos abordados pelo treinador.

Alívio pós-vitória

“Meu sentimento é o melhor possível. Quando você vence é muito bom, a gente precisava muito dessa vitória, até mesmo pelo contexto da situação na tabela que a gente se encontrava. Estávamos jogando contra um adversário que estava em baixo, com dificuldade, mas é um grande adversário. A preocupação era muito grande. Quando jogamos contra equipes de baixo da tabela, não jogamos tão bem e isso refletiu no começo do jogo. Mas depois, quando conseguimos circular a bola, ter calma, as coisas começaram a acontecer, criamos oportunidades. Mas a vitória era muito importante para nós, era meu 12º aqui, estou muito feliz. A equipe buscou reação e agora é continuar dessa maneira”.

Atuação do time

“Nós fizemos um ótimo jogo, nós somos um time muito jovem, que sente, e eu, como um líder, tenho que passar confiança para esses atletas, buscar recuperação. Nós optamos por essa formação, e o mais importante é que com pouco tempo de trabalho, com 40 dias à frente do Vitória, a equipe tem um padrão, sabe o que fazer dentro do campo. A gente tem dificuldade, sem dúvida nenhuma, de manter uma equipe, pela própria competição. Então você perde jogadores, jogando terça-sábado, terça-sexta. Eu sei de todas essas dificuldades, mas tenho encontrado nos jogadores um querer muito grande”.

Dupla ideal com Mateus e Marcelo?

“Nós vencemos o jogo e quando vence… Hoje o Marcelo fez uma partidaça, juntamente com o Mateus, que vem em um processo de crescimento, maturação. Quem imaginava ele jogando contra o Inter? E nós demos oportunidade, ele vem crescendo muito. Eu acho que nesse setor a gente está muito bem servido. O Marcelo é um jogador que ajuda muito, o Mateus cresceu. E essa parada pro Marcelo foi muito boa também, porque ele vinha em um desgaste muito grande, é um jogador que teve um problema no joelho logo no começo da temporada, teve um período afastado. Jogou muito bem e eu gostei muito da atuação do Marcelo e do Matheus. E isso que é importante”.

Por que Van não é relacionado?

“Quando cheguei aqui no clube, Van estaa no processo de ser emprestado. Hoje temos três laterais: Raul, Cedric e Gabriel. Ele está no grupo, está treinando, está sendo observado”.

Previsão de retorno de Vico

“Isso aí é parte médica. Desde que eu cheguei aqui eu venho esperando alguns jogadores, como é o caso do Guilherme Rend, do Vico. São jogadores que quando estiverem aptos, 100% fisicamente, vão nos ajudar muito, eu tenho certeza”.

Trending