conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio lamenta contusão de Kieza e já pede reposição urgente no Náutico

Foto: Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

Mais do que o empate por 1×1 com o Brusque, o técnico Hélio dos Anjos lamentou a lesão sofrida por Kieza. O jogador, que marcou o gol do Náutico na partida, deixou o campo com uma contusão no tendão de Aquiles que preocupa a comissão técnica para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. 

“Kieza tem uma contusão séria. Já estamos aqui, além de lamentar, preocupados em como vamos repor um tipo de jogador como esse em uma competição tão difícil. Além do lado humano porque não é simples um jogador de 34 anos sofrer uma contusão séria. Sentimos pelo nosso companheiro. Infelizmente, não ganhamos, mas a somatória dos pontos é importante também”, afirmou o comandante alvirrubro.

Kieza ainda fará um exame para saber a gravidade da lesão, mas o retorno deve demorar. Por isso, Hélio dos Anjos já pediu reposição no elenco por ter apenas Paiva para a posição de centroavante no elenco do Timbu. 

“Vamos precisar de reposição urgente, principalmente em relação à Kieza. Perdi a nossa referência, uma das pessoas mais envolvidas com a causa do Náutico e os objetivos do clube. Um capitão, amigo, cara que brinca e dá alegria ao nosso grupo. Mas vamos reagir e contra o Coritiba estaremos muito fortes como sempre somos”, ressaltou.

Ainda de acordo com o treinador, a lesão de Kieza afetou também o restante do elenco no jogo. Além dele, Jean Carlos foi substituído ainda no primeiro tempo e Hélio dos Anjos ficou apenas com uma parada para fazer três mudanças na sequência da partida. 

“Afeta. Ninguém é de ferro. Temos dois jogadores como referências e o envolvimento emocional de Kieza é muito grande. Sabíamos que quando ele voltasse a fazer gol, a produtividade aumentaria porque ele é muito dedicado. Não foi legal o nosso intervalo vendo Kieza chorando, lamentando. Todo mundo foi consolá-lo. Ainda perdi duas substituições e fiquei com apenas uma parada”, completou.

Sobre as substituições, no entanto, o treinador não aprovou o desempenho dos jogadores que entraram. “Não gostei da reposição. Não foi do jeito que eu queria. Sempre cito que tem de ter atenção com isso. As entradas têm de ser reforços técnica, física ou taticamente”, pontuou.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending