conecte-se conosco

CECearáPBSérie AÚltimas

Em disputa contratual, Ceará pode embolsar quase R$ 7 milhões com venda de Arthur Cabral na Suíça

Ceará e Palmeiras disputam direito a valor em caso de venda do atacante; Campinense também pode lucrar

Lucas Moraes/Ceará SC

Publicados

em

Uma boa novidade pode valer alguns milhões de reais para os cofres do Ceará. Cria do Vozão, o atacante Arthur Cabral, hoje no Basel (Suíça), tem uma proposta para acertar com o Bayer Leverkusen (Alemanha), em uma negociação que interessa diretamente ao Alvinegro, em duas etapas.

Segundo o portal ge, a oferta dos alemães pelo avançado orbita entre € 7 e 8 milhões (R$ 43-49 milhões). Em resposta, os suíços já teriam elevado a pedida para € 12 milhões (R$ 73 milhões). No caso da primeira oferta, o Ceará pode embolsar até R$ 4,5 milhões. Subindo para a pedida dos suíços, a receita alvinegra poderia chegar a R$ 6,8 milhões.

Desse valor, no acordo que acertou a venda do jogador do Palmeiras ao Basel, o time paulista tem direito a 30% do lucro da transferência seguinte. Ou seja, 30% de qualquer valor que exceda € 4,4 milhões será destinado ao Palmeiras, e é aí que o Ceará entra na disputa.

Tendo vendido o jogador anteriormente ao Palmeiras com um cláusula para garantir 50% da transferência seguinte do jovem, o Ceará entende que tem direito a metade desse valor, em uma visão que não é compartilhada pelos paulistas.

Caso o negócio seja acertado pelos € 8 milhões oferecidos pelo Bayer, o excedente seria de cerca de R$ 22 milhões, com R$ 3,3 milhões garantidos ao Palmeiras e outros R$ 3,3 milhões neste embargo entre os dois clubes.

Além disso

Mas não é só dessa questão contratual que pode vir a receita do Ceará nessa transferência. Como foi responsável por revelar o jogador, o Vozão tem direito a uma porcentagem de todas as transferências internacionais de sua carreira. é o chamado Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

Por essa regra, um valor de até 5% do acorde será destinado os clubes que o revelaram. Como ele esteve no Ceará entre 2014 e 2018, o Alvinegro tem direito a 2,5% do acordo. No caso do acerto por € 8 milhões, o Ceará poderia embolsar um valor adicional de R$ 1,2 milhão.

Campinense

Outro clube nordestino que pode receber um valor pelo acordo é o Campinense. Arthur Cabral esteve na Raposa até 2013, o que seria suficiente para garantir 1% das novas transferências internacionais. Um problema, porém, surge para o clube. Já na última transferência, o clube teve dificuldades para confirmar seu direito na negociação por falta de documentos.

Assim, o clube fica com carca de R$ 500 mil em suspeição, caso o acordo seja acertado dentro do valor de € 8 milhões.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending