conecte-se conosco
Michelle Ramalho, presidente da FPF-PB, e Cícero Lucena, prefeito de João Pessoa Michelle Ramalho, presidente da FPF-PB, e Cícero Lucena, prefeito de João Pessoa

PBSérie CSérie DÚltimas

FPF-PB e prefeito de João Pessoa discutem protocolo para volta de público

Foto: Divulgação/Governo da Paraíba

Publicados

em

Os debates para promover a volta gradual do público nos estádio ganham força na Paraíba. Nesta sexta-feira (30), a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF-PB), Michelle Ramalho, e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, estiveram reunidos na sede da entidade máxima do futebol paraibano para discutir a formação de protocolos contra a covid-19 que permitam a presença de torcedores nas praças esportivas, com segurança.

A prefeitura vem estudando essa liberação há duas semanas, pelo menos, e nesta sexta deve emitir um novo decreto permitindo que os estádios de futebol da capital possam receber até 30% da sua capacidade máxima de público, o que pode beneficiar o Botafogo-PB. Contudo, para que o estádio Almeidão, em João Pessoa, seja liberado, o município precisa entrar em consenso com o Governo do Estado, que administra a estrutura.

A CBF vem realizando estudos para a organização desses protocolos e jogos testes começaram a ser realizados para abalizar a medida. Na quarta-feira da semana passada, dia 21 de julho, o Flamengo contou com quase 20 mil torcedores no jogo contra o Defensa y Justicia-ARG, no Mané Garrincha, em Brasília. Situação usada como base pela CBF visando essa liberação. Enquanto isso, na Paraíba, a FPF-PB aguarda que a entidade máxima do futebol brasileiro disponha esse protocolo às federações para que, assim, possa ser implementado também.

“Uma Comissão na CBF analisa a regulamentação da volta do público aos estádios. Excelente a atitude da Prefeitura e o do Governo do estado em viabilizar no novo protocolo aonde viabiliza o retorno do público aos estádios de forma gradativa e com toda a segurança. E assim que sair o protocolo da CBF, nós já vamos sair na frente abrindo os portões, com todos os cuidados e segurança, que é o nosso grande sonho no momento”, disse a presidente da FPF-PB, Michelle Ramalho, ao site da entidade.

João Pessoa, inclusive, caso consiga a liberação para a realização de jogos com público, pode receber o duelo do Flamengo contra o Olímpia-PAR pela Libertadores, previsto para o dia 18 de agosto, no estádio Amigão. Possibilidade é estudada pelo clube carioca e a prefeitura de João Pessoa. Inclusive, o presidente Rodolfo Landim e o prefeito Cícero Lucena já se reuniram, em Brasília, para discutir o assunto.

Até o momento, a Paraíba acumula 420.593 casos de covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020, e 8.971 pessoas vieram a óbito em decorrência da doença. A média móvel de casos nos últimos sete dias está em 619 confirmações, patamar semelhante ao que o estado vivia em janeiro desde ano, já em crescimento de casos. Por enquanto, com o avanço da vacinação, a Paraíba vive tendência de queda nos números.

Trending