conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

Com apenas 3 pontos ganhos em 9 jogos, Confiança vive pressão para escapar do Z4

Reprodução/AD Confiança

Publicados

em

O Confiança vive seu pior momento na Série B. Sem vencer há nove jogos, o Dragão acumula uma sequência com apenas 11% de aproveitamento desde o dia 25 de junho. Com essa série, os sergipanos despencaram da 12ª posição para a lanterna do torneio, com só 10 pontos ganhos ao longo de 15 jogos. Com isso, aumenta a pressão por resultados imediatos.

Hoje, o Confiança está a apenas três pontos do primeiro time fora do Z4, algo que retrata as baixas pontuações que vêm sendo obtidas pelos times da parte de baixo da tabela. Ainda assim, porém, os concorrentes diretos chegam com números melhores. Para o Brasil-RS e o Vitória, foram sete pontos em 10 jogos, enquanto o Cruzeiro fez seis, o Londrina fez nove e a Ponte Preta fez 11.

Nesse meio tempo, o Confiança já passou por uma mudança de comando, com a saída de Rodrigo Santana. Ainda sem substituto definido, a equipe vem sendo comandada pelo interino Zé Carlos Leal, que comentou sobre o momento vivido, analisando as dificuldades vividas no ataque e na defesa.

“Precisamos fazer gol e consequentemente vindo os gols, vão vir as vitórias. São três jogos sem fazer gol e estamos tomando muitos gols. Os três gols que tomamos não podemos tomar, é inadmissível, mas precisamos trabalhar e levantar a cabeça para procurar buscar essa primeira vitória fora de casa”.

O próximo compromisso, porém, é difícil. O Dragão enfrenta o líder Náutico. Para Zé Carlos, o trabalho precisa ser feito com força para reverter o momento.

“A gente sabe que a dificuldade que nós estamos tendo para ganhar fora de casa, a gente tem que procurar fazer um trabalho bem encaixado. Temos um jogo mais difícil contra o Náutico fora de casa, é o líder da competição, mas temos que trabalhar, falar menos, trabalhar mais, procurar evoluir para tirar o Confiança dessa situação”.

Trending