conecte-se conosco

BABahiaCopa do BrasilÚltimas

Retrospecto recente contra o Atlético-MG pesa contra o Bahia na Copa do Brasil

Divulgação/Atletico

Publicados

em

O Bahia vive uma situação muito difícil na Copa do Brasil. Após perder por 2 a 0 para o Atlético-MG no jogo de ida das oitavas de final do torneio, o Tricolor de Aço precisa buscar uma vitória por pelo menos dois gols de diferença para buscar, ao menos, levar a decisão para a cobrança de pênaltis. Isso, porém, é algo que não será fácil, de acordo com o retrospecto recente do clube.

Nos últimos cinco jogos, o Bahia acumulou cinco derrotas seguidas – duas delas, inclusive, para o próprio Galo de Belo Horizonte, por 3 a 0 no Brasileirão e por 2 a 0 na Copa, com ambos os jogos acontecendo em Minas.

Antes, as vitórias com saldo não vinham sendo comuns para o Bahia. No início de julho, o time aplicou 2 a 0 sobre a Chapecoense em SC. Antes, no fim de maio, o time tinha ganho em casa por 3 a 0 sobre o Santos, o que já era a primeira vitória com saldo em um mês, após o 5 a 0 sobre o Guabirá (Bolívia) em Salvador, no fim de abril.

No confronto direto com o Galo, o retrospecto também não é bom. Além das duas derrotas recentes, o confronto anterior, terminado em 1 a 1 também eliminaria o Bahia. O último resultado que levaria a vaga para a marca da cal aconteceu em outubro passado, com um 3 a 1 para os baianos. Antes disso, o Bahia tinha aplicado um 2 a 0 em 2017.

Se ampliarmos o recorte, porém, não há um terceiro resultado dessa dimensão para o Bahia desde 2002, quando o Tricolor emendou um 3 a 1 e um 5 a 3 sobre o Galo. Nisso, dos últimos 20 confrontos diretos, apenas dois terminaram em um resultado que levaria o jogo aos pênaltis. Para uma vaga direta, não há retrospecto desde o 4 a 0 de 2001, cenário único entre os jogos oficiais dos dois clubes.

Trending