conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

Sem vencer há 100 dias, Santa Cruz vive maior sequência de tropeços nos últimos 92 anos

Vitor Castelo/Paysandu

Publicados

em

Já são 100 dias desde a última vez que o Santa Cruz venceu um jogo. Desde aquele 3 a 2 sobre o Retrô na penúltima rodada da primeira fase do Pernambucano, foram cinco empates e oito derrotas, espaçados por 92 dias. Com isso, o Santa Cruz já vive a terceira maior sequência de tropeços da sua história, sendo a maior nos últimos 92 anos.

Para chegar a esse número, separamos os intervalos de, ao menos, 80 dias e sete jogos sem vitórias para o Santa Cruz. Ao todo, nove superaram essas duas marcas negativas, mas várias só conseguiram isso por usar de intertemporadas ou longos intervalos sem jogos.

Assim, para este cálculo, contamos apenas o intervalo entre o primeiro e o último tropeço de cada uma dessas sequências, o que revela que o Tricolor vive uma sequência de 92 dias de tropeços (entre o empate com o Afogados em 02/05 e a derrota para o Manaus em 1º/08) e pode chegar a 98 caso não vença o próximo jogo, contra o Floresta, no Ceará.

Esse número já é mais que suficiente para qualificar esta como a terceira pior sequência de tropeços da história do Santa Cruz, superando, inclusive, a última campanha de rebaixamento na Série C. Lá, entre 2008 e 2009, o pior momento do Tricolor foi uma sequência de oito tropeços espaçados por 45 dias, menos da metade do tempo atual.

Curiosamente, naqueles anos de três quedas seguidas, cada um teve uma larga marca de tropeços corais. Em 2006, quando deixou a Série A, foram 10 jogos sem vencer ao longo de 49 dias. entre 2007 e 2008, na queda à Série C, foram 11 tropeços em 54 dias.

Antes disso, a última marca que atingiu esse patamar datava da virada de 1984 para 1985, quando o clube perdeu ou empatou 12 jogos seguidos, ao longo de 77 dias. Até o jogo contra o Tombense, duas rodadas atrás, esse era o recorde coral da era profissional, algo que já foi amplamente superado.

Era amadora

Antes daquela marca, o Santa Cruz não vivia uma sequência de falhanços tão longa desde 1929, 92 anos atrás. Naquela oportunidade, quando o Estadual ainda era um torneio amador e de poucas partidas, amistosos e microtorneios eram a base do futebol local.

Entre esses jogos, o Santa Cruz passou 14 jogos seguidos sem uma única vitória, com esses jogos tendo sido espalhados ao longo de 259 dias (mais de oito meses), o que também evidencia como o calendário esportivo da época tinha um funcionamento diferente do atual.

Antes, entre 1922 e 1923, outra marca muito longa também já tinha sido registrada, mas com ainda mais espaçamento, afinal, foram 9 tropeços ao longo de 182 dias (seis meses).

Maiores intervalos sem vitória da história do Santa Cruz

*intervalos de, ao menos, 80 dias e 7 jogos seguidos sem vitória
*descontando amistosos pós-1971

Desde 28/04/2021 – 100 dias sem vitórias (13 jogos em 92 dias)
20/07/2008-11/01/2009 – 175 dias sem vitórias (8 jogos em 45 dias)
29/09/2007-13/01/2008 – 106 dias sem vitórias (11 jogos em 54 dias)
09/04/2006-13/07/2006 – 95 dias sem vitórias (10 jogos em 49 dias)
25/11/1984-24/02/1985 – 91 dias sem vitórias (12 jogos em 77 dias)
27/03/1974-11/07/1974 – 106 dias sem vitórias (13 jogos em 74 dias)
08/09/1971-26/01/1972 – 140 dias sem vitórias (11 jogos em 64 dias)
06/05/1928-10/03/1929 – 308 dias sem vitórias (14 jogos em 259 dias)
16/07/1922-18/03/1923 – 245 dias sem vitórias (9 jogos em 182 dias)

Trending