conecte-se conosco
SantaCruz_Floresta SantaCruz_Floresta

CEPESanta CruzSérie CÚltimas

Santa Cruz bate o Floresta, conquista 1ª vitória na Série C e diminui distância para sair do Z2

Publicados

em

Um resultado para tirar um peso de uma tonelada nas costas. De 100 dias sem saber o que é vencer na temporada. Jogando bem e aproveitando as investidas na área, o Santa Cruz derrotou o Floresta por 2 a 0 na tarde deste sábado, no Raimundão, pela 11ª rodada da Série C, com gols de Pipico e Rafael Castro, ambos marcados nos finais de cada tempo. A primeira vitória do time na competição.

O sentimento de ‘redenção’ coral, porém, não foi o mesmo experimentado pelo Floresta, que com o revés dentro de casa, amargou o quinto jogo seguido sem somar três pontos no Brasileiro. Está em oitavo lugar, com 11 pontos somados; o Tricolor, lanterna, tem seis, e está a cinco de sair do Z2.

Na próxima rodada, Santa Cruz e Floresta voltam a campo diante do Ferroviário, no Arruda, e Manaus, fora de casa, respectivamente. Os duelos acontecerão no final de semana.

Cassio_print
Após 101 dias, enfim o tricolor voltou a vencer. Neste sábado, a rodada ajudou e o time fez a sua parte, diminuindo a distância para o 8º lugar.

Santa Cruz faz primeiro tempo seguro e abre o placar com mérito

Diferentemente das últimas atuações, o Santa Cruz fez um primeiro tempo bastante organizado, administrando o jogo e pisando bem mais na área do Floresta – que basicamente se resumiu a defender, baixando as linhas. Cenário que permaneceu até os 43 minutos, quando o time pernambucano, até então, ainda não tinha definido em gol com mais veemência, com exceção da chance criada por Pipico, após cruzamento de Leonan. O atacante quase desviou para o fundo das redes, mas Tony espalmou. Até que Jailson, em uma puxada de contra-ataque pela esquerda, cruzou na medida para Pipico, na grande área, cabecear no canto, sem chances para o goleiro do Jacaré. Vitória no primeiro tempo mais que merecida. A primeira vez que o time coral desceu para os vestiários em vantagem na temporada.

Floresta volta mais perigoso, mas não faz. E o Santa Cruz amplia

No segundo tempo, o Floresta se lançou mais ao ataque, chegando ao gol de Jordan em duas oportunidades logo cedo. Em uma delas, a melhor do time, o goleiro do Santa Cruz fez uma grande defesa, salvando o empate, após finalização de fora da área de Dione. Depois disso, nada mais fez. O Tricolor, por outro lado, seguiu construindo e, por muito pouco não ampliou a vantagem com Bruno Moraes, se não tivesse chegado atrasado em lançamento de Leonan. Em nova oportunidade, praticamente cara a cara com Tony, os pernambucanos também desperdiçaram. Aos 27, Jaílson puxou contra-ataque em velocidade e, na hora de finalizar, a bola passou rente à trave do Floresta, mas não entrou. Porém, Rafael Castro, que saiu do banco de reservas, não perdoou. O zagueiro aproveitou o cruzamento de Lucas Rodrigues e cabeceou para fazer o 2 a 0 coral no estádio Raimundão.

Ficha do jogo

Floresta 0

Tony, Marcos Martins, William, Alisson e Carlos Renato; Edimar, Jô (Deysinho) e Daniel; Dione (Eliélton), Alisson (Flávio) Mira e Yuri (Thalison). Técnico: Leston Júnior.

Santa Cruz 2

Jordan, Lucas Rodrigues, Breno Calixto, Wiliam Alves, Júnior Sergipano (Rafael Castro) e Leonan; Maycon Lucas, Tarcísio e Jaílson (João Cardoso); Pipico (Levi) e Bruno Moraes (Elias Carioca). Técnico: Roberto Fernandes.


Local: Raimundão
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF).
Assistentes: Lucas Torquato Guerra (DF) e Milton Jeronimo Souza Alves (DF)
Gols: Pipico, do Santa Cruz, aos 43′ do 1T; Rafael Castro, do Santa Cruz, aos 40′ do 2T;
Cartões amarelos: Alisson (F), Maycon Lucas (S), Jô (F), Caetano (S), Wiliam Goiano (F), Deysinho (F)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending