conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Em jogo morno, Ceará controla na defesa e empata sem gols com Atlético-GO

Felipe Santos/Ceara SC

Publicados

em

Time que mais empata nesta Série A, o Ceará já pode colocar mais um ponto na contra. Contra o Atlético-GO, o Vozão viu um adversário com total domínio de posse de bola, mas apresentou uma grande atuação defensiva e praticamente não sofreu riscos, mas também apresentou dificuldades para acelerar suas jogadas, o que garantiu o zero no placar e o oitavo empate alvinegro em 15 jogos.

Como fica?

Com o ponto a mais, o Ceará chega aos 23 e se firma na sétima colocação, apenas um ponto atrás do quinto, Flamengo. Para o Atlético, são três pontos a menos uma nona colocação na tabela. Agora, o Vozão volta a campo às 16h do próximo domingo, enfrentando o Corinthians em Itaquera. Para o Dragão, o jogo é 2h15 depois, visitando o Bahia em Salvador.

Primeiro tempo

O jogo começou sem grandes pressões de nenhum dos dois lados. Para o Atlético-GO, o jogo passava por um controle da posse de bola, que chegou perto dos 60% no primeiro tempo. Mas, na hora de entrar na área para criar lances de perigo real, o Dragão parava na bem postada defesa cearense. A melhor chance goianiense veio aos 23, quando Arnaldo fez uma boa jogada individual e bateu ainda da meia-lua.

Com esse controle defensivo, o Ceará conseguia aparecer com mais tranquilidade no ataque, mesmo com menos posse de bola. Ainda assim, o Vozão tinha dificuldade para criar jogadas, uma vez que suas pontas não conseguiam ter a velocidade pedida para esse estilo de jogo. Ainda assim, o time teve mais que o dobro de finalizações e conseguiu ter a melhor chance dessa primeira etapa, com Lima batendo ao lado do gol já nos minutos finais.

Segundo tempo

Após o intervalo, o jogo parecia que ia adotar outra intensidade, com um Ceará mais disposto ao ataque, uma vez que já tinha tido duas boas chegadas nos dois primeiros minutos. Mas ficou por aí. O controle da posse de bola logo voltou ao Atlético, em grau ainda maior que tinha sido no primeiro tempo. A dificuldade criativa, porém, cresceu na mesma escala e o Dragão ficou retido pelo esquema Alvinegro.

Do lado cearense, as chegadas também diminuíram, com o time ainda sofrendo para emendar suas jogadas de velocidade. Guto Ferreira ainda tentou corrigir os defeitos trocando peças, promovendo a entrada de Rick e a estreia de Erick, mas isso não conseguiu dar o ímpeto necessário para garantir a vitória alvinegra.

Ficha do jogo

Ceará 0
Richard; Buiú, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Marlon (Willian Oliveira) e Vina (Jorginho); Lima (Erick), Stiven Mendoza (Rick) e Cléber (Airton). Técnico: Guto Ferreira.

Atlético-GO 0
Fernando Miguel; Arnaldo (Dudu), Wanderson, Éder Ferreira e Natanael; Willian Maranhão (Matheus Barbosa), Gabriel Baralhas, João Paulo e Janderson; Ronald (Jonas Toró) e Zé Roberto (Lucão). Técnico: Eduardo Barroca.

Local do jogo: Castelão, em Fortaleza-CE
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Cartões amarelos: Vina, Marlon (CEA), Wanderson e Arnaldo (ACG)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending