conecte-se conosco

PESanta CruzÚltimas

Em acordo, Santa suspende leilão do estádio do Arruda

Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

O estádio do Arruda não vai mais a leilão, ao menos por enquanto. Em acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, o Santa Cruz conseguiu suspender o arremate da área da piscina e do estádio José do Rego Maciel. Para isso, o Tricolor teve que desembolsar um valor de R$ 32 mil para começar a descontar os valores referentes à dívidas previdenciárias acumuladas.

A informação foi antecipada pela Rádio Clube de Pernambuco, a quem o presidente do clube, Joaquim Bezerra detalhou a suspensão. “Fizemos um pagamento do parcelamento e, a partir daí, temos agora que cumprir com essas obrigações para evitar que isso volte a acontecer”, explicou.

Segundo ele, o pagamento quitado foi referente a duas parcelas, uma de R$ 21 mil e outra de R$ 11 mil. Isso representa uma pequena fração de uma dívida de cerca de R$ 9 milhões.

Esse cenário, porém, não significa que a situação está definida para os tricolores, uma vez que, como alertou Joaquim, o Santa ainda tem outras atribuições a cumprir e, caso não consiga, o arremate pode ser novamente solicitado.

O terreno de 58.114 m² está sendo ofertado em um leilão online da Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) por dívidas do clube com a fazenda nacional. Para o arremate, Arruda foi disponibilizado com oferta mínima de R$ 240 milhões no primeiro leilão, que teria fechamento na manhã da próxima segunda-feira.

Ainda não tinham sido registrados lances no imóvel, que anda não retirado do sistema da leiloeira.

Esta não é a primeira vez, inclusive, que o estádio do Santa Cruz vai à leilão. Em março deste ano, o departamento jurídico do clube conseguiu suspender o leilão do José do Rego Maciel, após ação movida pelo ex-zagueiro tricolor Marcelo Magalhães, que jogou na Cobra Coral em 2007.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending