conecte-se conosco
Sampaio _Cruzeiro Sampaio _Cruzeiro

MASampaio CorrêaSérie BÚltimas

Mota brilha e Sampaio segura empate com Cruzeiro fora

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Publicados

em

Diferentemente de um primeiro tempo eficaz, abrindo o placar mesmo com as inúmeras chances perdidas pelo Cruzeiro, o Sampaio Corrêa sucumbiu na etapa complementar e empatou em 1 a 1 com a Raposa na tarde deste sábado, no Independência, pela 18ª rodada da Série B. Ponto fora de casa, inclusive, muito em parte ganho pela excelente atuação de Mota, decidindo para o time maranhense em pelo menos quatro chances criadas pelos mineiros.

Com o resultado, o Sampaio segue no G4, com 30 pontos, mas pode perder a posição no grupo a depender dos resultados do complemento da rodada. Na próxima terça-feira, a Bolívia Querida volta a campo diante do Avaí, em São Luís, para fechar o primeiro turno do Brasileiro. O duelo acontece às 21h30, no Castelão.

Cruzeiro empilha chances perdidas, mas Sampaio, oportunista, abre o placar

Um primeiro tempo em que o Cruzeiro teve maior posse e volume de jogo, mas não teve nenhuma efetividade. Ao contrário do Sampaio Corrêa, que chegou pouco no gol de Fábio, mas o suficiente para construir a vantagem. Depois de 15 minutos de uma partida até então morna no Independência, a Raposa cresceu, empilhando oportunidades claríssimas de gol – e também contando com boa atuação de Mota. Teve chances com Giovanni, Felipe Augusto, Jean Victor e Wellington, sendo a maior delas com Rafael Sóbis. O atacante recebeu livre na pequena área, tentou tocar na saída do goleiro e finalizou para fora. E aí a Bolívia Querida, oportunista, abriu o placar. Em boa jogada individual, Jean Silva cruzou rasteiro para Watson, aos 40 minutos, vencer Fábio e inaugurar o placar em Minas.

Cruzeiro mantém ímpeto, Sampaio não consegue jogar e sofre o empate

A tônica do segundo tempo seguiu a mesma. Desta vez, no entanto, com Mota sendo ainda mais protagonista, salvando em todas as chances criadas pelo Cruzeiro. Defendeu as finalizações de Norberto, duas vezes, quase que cara a cara, Rafael Sóbis, Giovanni e Claudinho, em uma defesa espetacular, no ângulo. Mas, na sequência do lance, com o Sampaio Corrêa recuado ao extremo e sentindo a pressão, não conseguiu evitar o empate dos mineiros. Claudinho cruzou rápido e Marcelo Moreno, que acabara de entrar, deixou tudo igual. A Raposa seguiu no páreo, em cima do Sampaio – que, praticamente no último minuto de jogo, não marcou o segundo gol, em cruzamento de Jean Silva – mas não conseguiu virar o placar.

Ficha do jogo

Cruzeiro 1

Fábio, Norberto, Ramon, Eduardo Brock e Jean; Adriano, Rômulo (Thiago) e Giovanni; Felipe Augusto (Claudinho), Wellington Nem (Dudu) e Rafael Sóbis (Marcelo Moreno). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Sampaio Corrêa 1

Mota, Watson (Luís Gustavo), Joécio, Nilson Júnior e Zé Mário; Betinho (Mauro Silva), Márcio Araújo e Eloir (Pimentinha); Nadson (Daniel Costa), Jean Silva e Ciel (Jacskon). Técnico: Felipe Surian.


Local: Independência
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Lorival Cândido das Flores (RN) e Jean Marcio dos Santos (RN)
Cartões amarelos: Rômulo (C), Jean Victor (C), Giovanny (C), Marcelo Moreno (C)
Gols: Watson, do Sampaio, aos 40′ do 1T, Marcelo Moreno, aos 24’do 2T

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending