conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

Confiança leva dois gols em dez minutos, perde para a Ponte, e afunda na zona de rebaixamento

Foto: AGIP

Publicados

em

Em um jogo bastante movimentado, o Confiança saiu de campo com mais uma derrota na Série B, a 11ª em 18 rodadas. Dessa vez, o Dragão caiu frente a Ponte Preta por 4 a 2, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em um confronto direto contra as últimas posições.

Com o resultado, o time proletário permanece com apenas 13 pontos, na zona de rebaixamento, e pode cair para a lanterna em caso de triunfos de Londrina e Brasil de Pelotas, neste domingo (15), frente Vila Nova e Botafogo, respectivamente. Já a Ponte Preta, que emendou duas vitórias seguidas, subiu para o 4º lugar, com 19 pontos.

Na próxima rodada, fechando o turno, o Confiança recebe o Remo, na terça-feira (17), no Batistão.

O jogo

A 11ª derrota do Confiança na Série B começou a ser desenhada logo nos minutos iniciais da partida. Com apenas dez minutos de jogo, a Ponte Preta já vencia por 2 a 0, com dois gols do atacante Fessin, aos seis e aos 10 minutos.

Só após ter uma desvantagem tão grande logo no início da partida é que o Confiança acordou. Mesmo assim, sem muita qualidade. Tanto que só conseguiu diminuir aos 39, e graças a uma cobrança de falta perfeita de João Paulo.

Porém, o que poderia ser um sinal de reação, com o técnico Zé Carlos promovendo o retorno do atacante Hernane, aos 12 minutos (entrou na vaga de Willians Santana), foi logo arrefecido aos 16 minutos do segundo tempo, quando Fessin foi derrubado por Marcelinho dentro da área. Pênalti convertido por Moisés, voltando a deixar a Macaca confortável no marcador. Foi a primeira vez que a Ponte marcou três gols em uma mesma partida da Série B.

O Confiança voltou a ameaçar uma reação aos 31, com mais um gol de falta de João Paulo. Porém, logo em seguida, o time sergipano recebeu outra ducha de água fria com a expulsão do zagueiro Nirley. Mesmo assim, na base do tudo ou nada, o Dragão buscou o empate.

Que quase veio aos 47, após cruzamento de Luidy que Hernane chegou um pouco atrasado no carrinho. Dois minutos depois, outra ducha de água fria. Dessa vez definitiva, com João Veras aproveitando pixotada de Rafael Vila e dando números finais ao confronto.

Ficha do jogo

Ponte Preta 4
Ivan; Kevin, Thiago Lopes, Cleyton e Felipe Fellipi; Vinícius Locatelli (Marcos Júnior), André Luiz e Niltinho (Richard); Fessin (Léo Naldi), Rodrigão (João Veras) e Moisés (Iago). Técnico: Gílson Kleina

Confiança 2
Michel; Marcelinho (Álvaro), Nirley, Nery Bareiro e João Paulo; Daniel Penha, Serginho (Lucas Sampaio), Rafael Vila e Ítalo Melo (Luidy); William Santana (Hernane) e Jhemerson (Robinho). Técnico: Zé Carlos Leal (interino)

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Gols: Fessin, aos 6 e 10 min do 1º tempo; João Paulo, aos 39 min do 1º e 31 min do 2º tempo; Moisés, aos 16 min e João Vera, aos 49 min do 2º tempo.
Cartões amarelos: Cleyton, André Luiz e Douglas Mendes (PP), João Paulo e Hernane (C)
Expulsão: Nirley (C)

Trending