conecte-se conosco
CRB x Vitória CRB x Vitória

ALBACRBSérie BÚltimasVitória

Empate entre Vitória e CRB frustra planos dos dois times na Série B

Foto: Pietro Carpi/ EC Vitória

Publicados

em

Um jogo onde as duas equipes tinham objetivos distintos e os três pontos eram cruciais para alcançá-los. O 1 a 1 entre Vitória e CRB mantém o Rubro-negro na zona de rebaixamento, e tira a chance do Alvirrubro de assumir a liderança da Segunda Divisão. Os alagoanos saíram na frente na etapa inicial, com Júnior Brandão, e os donos da casa buscaram o empate no segundo tempo, com Marcinho.

Com o resultado o Vitória vai a 15 pontos, mas caiu para o 18ª lugar por causa do Londrina, que ganhou na rodada. O CRB chega a 32 pontos e se mantém na vice-liderança da Série B. O Leão fecha o primeiro turno da Segundona na próxima quarta (18), às 19h, contra o Vila Nova, no OBA, em Goiânia-GO. Enquanto isso, o Galo recebe o Operário-PR no mesmo dia, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL.

Confira a classificação da Série B

CRB impõe ritmo e abre o placar

O jogo iniciou com os visitantes tendo maior posse de bola, rodando no campo ofensivo em busca de espaços. O CRB queria manter o bom momento e arrancar mais três pontos fora de casa, ainda mais sabendo da instabilidade que o Vitória atravessa. Mas foram os donos da casa que tiveram a primeira boa oportunidade no jogo. Aos sete minutos, Samuel recebeu dentro da área e bateu forte para defesa de Diogo Silva, que mandou para escanteio.

O Galo não se intimidou e seguiu investindo pelos lados do campo. Ora pela direita, com a dobradinha entre Reginaldo e Pablo Dyego, ora na esquerda, com Romão e Jajá. E o ponta esquerda alagoano infernizou a defesa leonina. Jajá colocava para cima, vinha tendo boas escapadas e saiu dos pés dele o passe para o gol que abriu o placar. Aos 18 minutos, o atacante deixou Raul Prata e Fernando Neto para trás, cruzou rasteiro mirando a segunda trave, onde apareceu Júnior Brandão para fazer o gol.

Atrás do placar, o Vitória não viu outra alternativa, a não ser mudar a estratégia inicial. Subiu mais as suas linhas para marcar a saída de bola do CRB, enquanto que o Alvirrubro acabou retraindo, apostando nos contra-ataques. Aos 24, Samuel finalizou no canto direito e Diogo Silva caiu bem para agarrar. No minuto seguinte, foi a vez de Bruno Oliveira arriscar de fora da área e mandar para fora. O CRB controlou bem o restante do primeiro tempo, mas faltou caprichar no último passe, com a possibilidade de finalizar bem. Já o Rubro-negro, que tentava furar a defesa regatiana, também pecou nesse quesito.

Vitória cresce e busca empate

A segunda etapa veio equilibrada. CRB e Vitória tentavam se lançar ao ataque e travavam um duelo bastante brigado pelo meio. Mas logo no início, quem marcou foi o Leão. Aos oito minutos, Roberto tocou para Marcinho na quina esquerda da grande área. O atacante puxou para o meio e chutou forte. A bola desviou nas costas de Eweton Páscoa, bateu no travessão e entrou. Sem chances para o goleiro.

Com o tempo, o Vitória conseguiu se impor. Mesmo que sem tanta qualidade técnica, mas pela vontade mesmo. Conseguiu ganhar campo e era mais agressivo. Acelerou jogadas, trabalhou dos dois lados do campo, apesar de pender mais para a esquerda, e finalizou sem maior perigo. Enquanto que o CRB apresentava dificuldades para retomar a postura com a qual iniciou o jogo. Retraiu demais e tinha uma transição ofensiva lenta para construir a jogada. Geralmente um dos pontas arrancava com a bola, mas faltava quem acompanhasse para dar continuidade.

Na reta final da partida, surgiram mais oportunidades de gol. Aos 36, Soares mandou uma bomba e a bola explodiu no travessão do CRB. Aos 41, foi a vez de Samuel, que tentou contra-ataque sozinho. Ele limpou para o pé esquerdo e finalizou com força, passando perto da trave esquerda de Diogo Silva. Aos 43, o Vitória teve Pablo Siles expulso e abriu um espaço no meio de campo leonino, que o Galo tentou aproveitar aos 46 minutos. Com espaço, Emerson Negueba arriscou de fora da área e Lucas Arcanjo fez uma linda defesa, assegurando o placar.

Ficha do jogo

Vitória (1)

Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Roberto (Pedrinho); Pablo Siles, Fernando Neto (Eduardo) e Bruno Oliveira (Soares); Guilherme (Wesley Piontek), Marcinho e Samuel (Eron). Técnico: Wagner Lopes.

CRB (1)

Diogo Silva; Reginaldo, Ewerton Páscoa, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Wesley) e Diego Torres (Renan Bressan); Jajá (Emerson Negueba), Pablo Dyego e Júnior Brandão (Alan James). Técnico: Allan Aal.

Local: Estádio Barradão, em Salvador-BA.

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Tiago Gomes da Silva (ambos GO).

Gols: Marcinho, aos 8′ do 2ºT (VIT); Júnior Brandão, aos 18′ do 1ºT (CRB).

Cartões amarelos: Pablo Siles e Eduardo (VIT); Guilherme Romão (CRB).

Cartão vermelho: Pablo Siles (VIT).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending