conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Cirúrgico, Vitória bate Operário fora na Série B

Foi o primeiro triunfo do Leão fora, que se aproxima de deixar Z4

Foto: Brasileirão Série B, via Joao Vitor Rezende Borba/AGIF

Publicados

em

O Vitória precisou apenas de uma oportunidade para marcar e vencer o Operário por 1 a 0, na manhã deste sábado, no estádio Germano Kruger, pela 23ª rodada da Série B. O solitário gol do confronto foi marcado pelo zagueiro Matheus Moraes, no primeiro tempo. O triunfo, aliás, foi o primeiro do Rubro-negro fora de casa na competição.

E agora?

Com o resultado, o Leão foi aos 23 pontos, em 17º, mesma pontuação do Vila Nova, primeiro time fora da degola, mas perde no número de vitórias (cinco contra quatro). Na sequência, o time baiano recebe o Remo, próxima sexta-feira.

O jogo?

Foi um primeiro tempo equilibrado, bem disputado, mas sem grandes chances. O Vitória teve mais posse de bola, mas a maior parte ocorreu no meio de campo e na defesa, sem perigo efetivo.

Por outro lado, defensivamente sofreu com algumas investidas do Operário, que foi mais incisivo quando teve a bola, principalmente em chutes de fora da área – onde contou com a sorte, em finalização de Marcelo na trave, e boa intervenção de Lucas Arcanjo.

A partida parecia caminhar empatada para o intervalo, até que em uma bola parada o Leão abriu o placar. Após cruzamento de David para área, Mateus Moraes completou de cabeça para o fundo das redes, aos 40 minutos, colocando o Rubro-negro na frente.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o Vitória encontrou mais dificuldades. Diferentemente do que houve no primeiro tempo, ficou bem menos a bola – em dado momento o Operário atingiu 70% de posse. Desta forma, posicionou-se mais recuado no campo de defesa, a fim de diminuir o ímpeto dos mandantes.

E, de uma maneira geral, conseguiu. Bem posicionado, resistiu às investidades do Fantasma e praticamente não concedeu grandes chances, apesar de ter tido a área rondado em grande parte da segunda etapa.

A única coisa que faltou ao Leão foi um pouco mais de capricho para marcar no contra-ataque, já que encontrou espaço na medida que o Operário foi com tudo em busca do empate. Menos mal, por sua vez, que não precisou. Importante resultado do Leão contra a degola.

Ficha

Operário

Simão; Fábio Alemão (Rodrigo Pimpão), Rodolfo Filemon, Reniê, Djalma Silva; Leandro Vilela, Marcelo, Thomaz (Pedro Ken), Rafael Longuine (Rafael Chorão); Paulo Sérgio e Felipe Garcia (Alemão). Técnico: Matheus Costa

Vitória

Lucas Arcanjo; Van, Thalisson Kelven, Wallace Reis, Matheus Moraes; Pablo Siles (Cedric), Fernando Neto (Gabriel Bispo), Bruno Oliveira (Soares); David (Ronan), Samuel (Weesley Pionteck)e Marcinho. Técnico: Wagner Lopes

Local: Estágio Germano Kruger, Ponta Grossa
Gols: Matheus Moraes (VIT)
Cartões amarelos: Felipe Garcia, Rafael Chorão. Rodolfo (OPE); Cedric (VIT)

Trending