conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Na estreia de Tiago Nunes, Ceará perde por 2 a 0 para o Grêmio em Porto Alegre

Pedro H. Tesch/AGIF via CBF

Publicados

em

A Arena do Grêmio não vem sendo um lugar feliz para Tiago Nunes em 2021. Depois de uma passagem ruim no time gaúcho, o treinador estreou no Ceará com derrota para o clube tricolor. Em campo, um jogo com domínio sulista e dois gols marcados justamente no único momento de poderio ofensivo alvinegro. Para o 2 a 0, os tentos foram de Diego Souza e Ferreira.

Como fica?

Com a vitória, o Grêmio ultrapassa o Sport e assume a 18ª colocação. O Ceará, por sua vez, é 11º, mas pode terminar a rodada em 13º. Agora, o Ceará volta a campo às 21h do próximo sábado, recebendo o Santos. O Grêmio, por sua vez, tem dois jogos seguidos contra o Flamengo no Rio de Janeiro, às 21h30 da quarta-feira pela Copa do Brasil e às 20h30 do domingo, na Série A.

Primeiro tempo

Após um início equilibrado, o Grêmio conseguiu acertar sua marcação e mostrar seu futebol sobre a proposta reativa do . Dominante no primeiro tempo, o Imortal conseguia dominar o meio de campo, mas tinha dificuldade para encontrar espaço na última linha do Alvinegro, tanto é que as primeiras chances gaúchas no jogo eram justamente em chutes de longe, sem perigo. A diferença, porém, era que o Ceará sequer chutava.

A primeira grande chance veio com Ferreirinha, aos 23, em um chute da entrada da área para boa defesa de Richard. Nos minutos finais, o Ceará encontrou um caminho no ataque e conseguiu finalizar pela primeira vez aos 37, com Jael. O Vozão se encaixou e foi para frente e, justamente nesse momento, o Grêmio encontrou as brechas para resolver o jogo.

Aos 42, Alisson recebeu na esquerda e cruzou para a área, onde Diego Souza apareceu por trás da marcação para cabecear para o gol de Richard. Três minutos depois, Vanderson cruzou da direta, a bola passou por Diego Souza, no meio da área, e sobrou para Ferreira, do outro lado, ajeitar e bater cruzado para ampliar.

Segundo tempo

Com o placar favorável, o Grêmio adotou um jogo de maior contenção depois do intervalo. Fechando suas linhas, o Tricolor deu espaço para o Ceará construir seu jogo no meio de campo, mas sem conseguir apresentar criatividade sobre a última linha gaúcha. Assim, o segundo tempo foi de poucas finalizações, quase todas sem nenhuma direção.

Nisso, o Grêmio fazia um jogo confortável e o Ceará tinha dificuldade em apresentar um diferencial criativo para complicar a vida dos mandantes. A melhor – para não dizer única – chance de gol na etapa final veio em cabeçada de Luiz Otávio, do Alvinegro, para fora do gol, após cobrança de falta.

Ficha do jogo

Grêmio 2
Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Bruno Cortez); Lucas Silva, Thiago Santos e Alisson (Everton); Jhonata Robert (Mathías Villasanti), Ferreira (Léo Pereira) e Diego Souza (Miguel Borja). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Ceará 0
Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Marlon), Fabinho e Vina (Yony González); Lima (Rick), Stiven Mendoza (Erick) e Jael (Cléber). Técnico: Tiago Nunes.

Local do jogo: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Gols: Diego Souza (42’/1ºT | GRÊ), Ferreira (45’/1ºT | GRÊ)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending