conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Chamando Dani Alves para o Bahia, Gilberto comemora retorno à Fonte Nova

Felipe Oliveira/EC Bahia

Publicados

em

Com o fechamento do hospital de campanha localizado dentro da Arena Fonte Nova, o Bahia volta a mandar jogos no histórico estádio neste sábado, contra o Red Bull Bragantino. Se, para o centroavante Gilberto, ídolo da torcida tricolor, a expectativa é de um retorno para casa, o sonho dele é de outro retorno com caráter histórico para o Esquadrão: o lateral direito Daniel Alves, jogador multicampeão que foi “convidado” pelo camisa 9 a se juntar ao clube.

Em uma brincadeira nas redes sociais, Gilberto atiçou os desejos da torcida, ao chamar o ala, o jogador com mais títulos na história do futebol, para se juntar ao Tricolor, clube que o revelou e de onde ele saiu ainda em 2003. Nascido em Juazeiro, ele se profissionalizou em 2001 e chegou a ser campeão do Nordeste pelo Bahia. Recentemente, ele foi desligado do São Paulo, após discordâncias com a direção do clube paulista.

Assim, o centroavante comentou sobre o desejo de atuar ao lado de um atleta experiente como Daniel. “Claro que queria. Quem não quer Daniel Alves no elenco? Para mim, é um ídolo. Um cara que saiu do Bahia cedo, conquistou a Europa. Tem uma qualidade diferenciada”, elogiou, mas não sem dar uma moral para o próprio elenco.

“Claro que ele ia ter que disputar vaga com Nino (Paraíba)”, comentou, em tom de brincadeira, antes de seguir. “Nino é um dos maiores passadores para mim, assistência. Não sei se ele (Daniel Alves) ia conseguir tirar o Nino. Brincadeiras à parte, a gente tem que enaltecer esse tipo de cara, porque conquistou tudo, merece nosso respeito, nossa admiração. Fico muito feliz se um dia conseguir jogar com ele”.

Bahia na Arena Fonte Nova

Mas antes de qualquer retorno de Daniel Alves, há outro retorno esperado que acontece nesta semana. Com a reabertura da Arena Fonte Nova para o futebol, o Bahia será responsável por trazer o esporte de volta ao principal palco de Salvador, algo que foi comemorado por Gilberto, que descreveu a arena como casa.

“Muito importante voltar. A Fonte Nova é a minha casa, é assim que a vejo desde que cheguei. Estamos trabalhando muito forte para buscar o triunfo e estamos bem com o grupo. Nada mais justo que voltarmos para cá e pegar um time forte como o Bragantino”.

O jogo será o primeiro do Bahia no estádio neste Brasileirão. Antes, a Fonte Nova já havia sido fechada para jogos em duas oportunidades desde o início da pandemia da covid-19, se transformando em hospital de campanha. Nesse tempo, o clube mandou seus jogos em Pituaçu.

Trending