conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport perde para o Atlético-MG fora e segue em situação delicada no Z4 da Série A

Leão completou sete jogos sem marcar e continua em penúltimo

Publicados

em

O Sport perdeu mais uma na Série A. Na noite deste sábado, o Rubro-negro não jogou bem e foi derrotado pelo líder Atlético-MG por 3 a 0, no Mineirão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Diego Costa e Hulk, ambos no primeiro tempo, e Vargas, nos acréscimos da etapa complementar.

E agora?

Com o resultado, o Sport chega a sete partidas sem marcar e segue em penúltimo, com 17 pontos, cinco abaixo de deixar a degola – distância, porém, que pode aumentar no complemento da rodada. Na sequência, o Rubro-negro enfrenta o Fortaleza, próximo domingo, na Ilha do Retiro.

Sport é goleado pelo líder Atlético-MG e soma a 10ª derrota; sem gol há 632 minutos

O jogo

Diante do líder, o Sport encontrou dificuldades, como esperado. Apesar de uma formação na teoria mais ofensiva, buscou marcar forte, com as linhas baixas, para tentar sair em velocidade.

Assim, teve pouca posse e, nos momentos em que teve a bola, praticamente não assustou. A melhor alternativa de escapada em velocidade foi Paulinho Moccelin, pela esquerda, que conseguiu ganhar dois escanteios. O melhor lance leonino foi uma cobrança de falta frontal de Hernanes, que Everson espalmou – o time pernambucano teve apenas 30% de posse de bola na etapa inicial.

Por outro lado, defensivamente, sofreu. Hulk, pela direita, quase marcou em arrancada, enquanto Keno, pela esquerda, também levou perigo com dribles e tentativas de cruzamento.

Desta forma, inferior, acabou vazado. Aos 34 minutos, a zaga leonina cochilou e deixou Diego Costa sozinho, na pequena área, que completou cruzamento sem chances de defesa para Mailson. Rubro-negro em desvantagem. Que não demorou a aumentar. Hayner saiu jogando muito mal e a bola sobrou para Hulk, que ajeitou e finalizou com força, para superar Mailson. Dois a zero.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o técnico Gustavo Florentín fez duas mudanças no ataque, com as entradas de André e Everaldo. E o Sport até conseguiu ter mais posse de bola, muito em função da diminuição de ritmo do Atlético-MG, que buscou administrar o resultado.

Entretanto, o Leão mostrou as velhas dificuldades criativas e limitou-se a trocar passes no meio de campo. No máximo, rondou a área em jogadas laterais, mas não conseguiu infiltrar – até chegou a marcar, mas Thiago Neves e André estavam bem impedidos e ambos foram anulados.

Desta forma, o cenário do jogo pouco mudou. E, no fim, o Sport ainda tomou mais um. Após contra-ataque sofrido nos acréscimos, Thyere desviou finalização com o braço aberto dentro da área e foi assinalado pênalti após análise do VAR. Na bola, Vargas cobrou e marcou, dando números finais ao jogo.

Ficha

Atlético-MG

Everson; Guga, Nathan Silva, Alonso, Guilherme Arana (Dodô); Allan (Nathan), Tche Tchê, Zaracho; Keno (Nacho Fernández), Diego Costa (Eduardo Sasha) e Hulk (Vargas). Técnico: Cuca

Sport

Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino, Sander; Marcão, Hernanes, Everton Felipe (Thiago Neves); Paulinho Moccelin, Mikael (André) e Tréllez (Everaldo). Técnico: Gustavo Florentín

Local: Mineirão, Minas Gerais
Gols: Hulk, Diego Costa, Vargas (ATL)
Cartões amarelos: Tréllez, Moccelin, Thyere (SPO); Allan, Tchê Tchê (ATL)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending