conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Após derrota para o Londrina, Marcelo Chamusca deixa o Náutico

Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

Durou apenas seis rodadas a ‘era Marcelo Chamusca’ no Náutico. Após a derrota por 2×1 para o Londrina na última terça-feira, o treinador deixou o Alvirrubro apenas depois de um mês. A informação foi dada inicialmente por Jorge Soares, da Rádio Clube, e confirmada pelo NE45.

Chamusca estreou no Náutico com vitória por 1×0 sobre o CSA, no dia 24 de agosto. Depois, foram dois empates (Vitória e Guarani) e três derrotas seguidas (Vila Nova, Botafogo e Londrina). Isso significa um aproveitamento de 28% dos pontos disputados, com oito gols sofridos e cinco marcados.

Com isso, o Náutico perdeu uma posição e se distanciou em seis pontos dos G4 da Série B em relação à situação vivida pelo Timbu quando Chamusca chegou ao clube. Hoje, o clube é oitavo colocado, com nove pontos abaixo do quarto colocado, e com o risco de perder mais posições ainda nesta 25ª rodada.

Com a saída do comandante, o Náutico deve ser comandado por um treinador interino no jogo da próxima sexta-feira, contra o Clube do Remo, em Belém. Nesse meio tempo, o Alvirrubro já inicia a busca por um novo treinador para seguir no comando da equipe até o fim da temporada.

Essa foi a terceira passagem de Chamusca como treinador no futebol pernambucano, após ter treinado o Salgueiro em duas oportunidades em 2013. No Nordeste, ele também tem três passagens no Fortaleza em 2014, 2015 e 2020, além passar por Vitória da Conquista em 2012, Sampaio Corrêa em 2016, Ceará entre 2017 e 2018, e Vitória e CRB em 2019. A passagem no Náutico foi a mais curta entre todas essas.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending