conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Florentín elogia paciência e precisão do Sport em vitória, e pontua: ‘Estamos melhorando’

Treinador avaliou o cenário do jogo contra o Juventude; confira

Publicados

em

Depois da boa vitória por 3 a 1 sobre o Juventude, na noite desta quarta-feira, o técnico Gustavo Florentín foi só elogios ao Sport. Em entrevista coletiva, o treinador destacou a postura da equipe nos momentos chaves da partida: paciência para abrir o placar e, depois, precisão para matar o confronto. O duelo, aliás, que ocorreu na Arena de Pernambuco, marcou o retorno do público aos jogos do Rubro-negro enquanto mandante. 

LEIA: Direção do Sport acerta com Augusto Carreras para ser novo vice de futebol
LEIA: Em reencontro com a torcida, Sport vence bem o Juventude e ganha fôlego na Série A
LEIA: No Sport, Mikael celebra gol e pais com cartaz na torcida: ‘Jogo por amor e por eles’
VÍDEO: assista aos gols do Sport na vitória sobre o Juventude, na Arena, pela Série A

“Estamos muito felizes pela vitória que eu se deu. Foi muito difícil. No 0x0, o Juventude estava muito bem postado taticamente, estava fechando todos os espaços e tivemos muita paciência para conseguir penetrar na linha defensiva deles. Custou muito para termos profundidade, mas quando trocamos Everaldo para a direita e Gustavo para a esquerda, na primeira jogada boa conexão com Ewerthon, terminou em cruzamento e gol da Zé (Welison)”, iniciou. 

“A partir daí, tivemos mais espaços, eles deixaram um pouco mais de espaço em suas linhas onde não esperavam e o segundo tempo foi importante os contra-ataques, onde fomos muito contundentes realmente nas oportunidades que geramos. Sim, talvez um dos melhores que temos feito, mas a verdade é que cada vez estamos melhorando mais”, acrescentou Florentín. 

Com o resultado, o Sport emendou a segunda vitória seguida e ganhou fôlego na disputa contra a degola. Agora, subiu para o 18º lugar, com 23 pontos, um abaixo do Santos, primeiro time fora da zona de rebaixamento – que ainda joga na rodada. Na sequência da competição, o Leão recebe o Corinthians, neste sábado, novamente na Arena.

Outros trechos da entrevista coletiva 

Qual o sentimento da comissão técnica após a vitória? E fala sobre o retorno da torcida. 

“A comissão técnica se sentiu muito feliz e orgulhosa pelos jogadores, porque a gente estava vendo os esforços que eles estavam fazendo e que na hora não estava saindo, apesar do esforço. Agora temos sequência de vitórias e estou muito feliz pelos jogadores pelo que eles estão fazendo. O grupo está cada vez mais unido, onde os líderes estão aparecendo, que são 4 ou 5 pessoas e nós os apoiamos em todos os momentos. Está sendo no bom, agora, e (foi) no ruim também, nós sempre estivemos com todos em todos os momentos. Estou orgulhoso de todos eles. O compromisso é visto e agradeço a torcida pelo apoio. Eu estava um pouco ansioso para poder desfrutar deles. Ansioso para sentir o calor das pessoas e, da minha parte, eu vou defender até a morte o escudo da instituição”.

Foi o jogo perfeito?

“A verdade é que desde o primeiro dia fomos muito intensos, avisamos aos jogadores que somos uma comissão técnica que dá muita intensidade a um trabalho, que gostamos de propor sempre. Tem sido um processo realizar (o trabalho) e, graças a Deus, está dando resultado. Nós sempre tratamos de orientá-los taticamente dependendo da qualidade e características dos jogadores que temos. Hoje começamos em um esquema, passando os minutos, nós trocamos tentando fazer uma leitura do que estava acontecendo dentro do jogo”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending