conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport: Hernanes confirma suspensão e explica reação após cartão amarelo

Foto: Anderson Stevens/Sport

Publicados

em

Através de uma rede social, o meia Hernanes confirmou que está suspenso para a partida contra o Corinthians, no próximo sábado (9), às 16h30, na Arena de Pernambuco. O jogador recebeu um cartão amarelo pelo São Paulo, ainda na sétima rodada, e dois pelo Sport contra Fortaleza e Juventude, na vitória por 3×1.  Até por isso, ele teve uma reação curiosa ao jogar uma caixa térmica com gelo na cabeça ao ser punido.

A cena foi explicada pelo meio-campista, que disse não aceitar injustiças. Hernanes não gostou de ter recebido o amarelo pelo árbitro quando já havia sido substituído e por reclamações.

“O ponto é que eu era uma ovelha e agora eu sou um leão. Vou rugir porque não aceito injustiças e nem gente brincando com coisa séria. A minha reação, para deixar claro, é uma técnica que aprendi com uma psicóloga para quando estou nervoso. Colocar gelo na cabeça e nos pulsos. Fiquei irritado por ter recebido o terceiro amarelo e ficar de fora do próximo jogo. Sei que tenho de me acalmar, mas não aceito injustiças, gente brincando com coisa séria e amadorismo”, afirmou Hernanes.

De acordo com o meia, a primeira reclamação com a arbitragem foi após ter levado um tapa de Wagner, do Juventude. Ele cobrou a checagem do VAR e não foi atendido. Na sequência, o jogador criticou o árbitro pelo lance em que Douglas Friedrich disputou uma bola com Tréllez, o que gerou o cartão amarelo.

“O goleiro do Juventude quase arrancou a cabeça do Tréllez. Saí do banco, falei para o bandeira e ele veio me dar um amarelo. Injustificável. Qual o critério? Depois ele falou que estava 3×0 e era para eu relaxar. Aí só colocando gelo na cabeça. Não tem como”, completou.

No desabafo do atleta, sobrou até para o gramado da Arena de Pernambuco. “Tudo começou na chegada ao estádio. Pedimos uma grama baixa para facilitar o nosso jogo. Chegamos lá e a grama estava parecendo um pasto, quase cobrindo a bola. Você vai, respira e conta até dez. Mas são essas coisas que vão nos irritando. Chega uma hora que o leão tem de rugir. Mas sei que tenho de me acalmar, concentrar apenas em jogar futebol. Mas não me venham brincar com coisa séria”, disse.

Mas nem tudo foi crítica. Hernanes aproveitou as postagens para falar sobre o reencontro com a torcida. “Foi legal demais. Eu não sabia que era tão rubro-negro como estou descobrindo agora. Foi legal ouvir o grito do torcedor como jogador. Sentir essa emoção depois de um ano e meio”, concluiu. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending