conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Passagem de Dabove no Bahia é a mais curta desde Rogério Lourenço, em 2011

Felipe Oliveira/EC Bahia; Divulgação

Publicados

em

A passagem de Diego Dabove no Bahia não foi das mais duradouras – na verdade, foi a mais breve nos últimos dez anos. O treinador passou apenas seis jogos na Fonte Nova, com apenas um triunfo conquistada nesse período de 49 dias

A passagem do argentino foi breve, com um triunfo, dois empates e três derrotas, somando cinco pontos e tendo um aproveitamento de 28% dos pontos disputados. Ele encerrou uma sequência de 42 anos sem treinadores estrangeiros efetivados no clube – e saiu com a segunda passagem mais rápida de um estrangeiro no Esquadrão, superando os três jogos do chileno Juan Herrera, em 1969.

Contando todos os treinadores, a passagem de Dabove é a mais curta desde fevereiro de 2011, quando Rogério Lourenço deixou o clube após apenas cinco jogos. O treinador chegou à equipe no início da temporada, para substituir Márcio Araújo, que tinha conseguido garantir a promoção à Série A no ano anterior. A passagem, porém, teve apenas um triunfo, um empate e três derrotas, com 27% de aproveitamento e demissão após derrota por 3 a 0 no Ba-Vi.

Entre Lourenço e Dabove, o Bahia teve 20 trabalhos diferentes, dos quais apenas um – o de Joel Santana, em 2013 – teve menos de 10 jogos. Do outro lado, Sérgio Soares, Guto Ferreira (que acaba de voltar ao clube), Enderson Moreira e Roger Machado superaram a marca de 50 partidas no comando do clube.

Os treinadores do Bahia nos últimos 10 anos

Diego Dabove (2021) – 6 jogos
Dado Cavalcanti (2020-2021) – 51 jogos
Mano Menezes (2020) – 21 jogos
Roger Machado (2019-2020) – 73 jogos
Enderson Moreira (2018-2019) – 58 jogos
Guto Ferreira (2018) – 33 jogos
PC Carpegiani (2017) – 12 jogos
Jorginho (2017) – 14 jogos
Guto Ferreira (2016-2017) – 57 jogos
Doriva (2016) – 34 jogos
Sérgio Soares (2015) – 62 jogos
Gilson Kleina (2014) – 23 jogos
Marquinhos Santos (2014) – 35 jogos
Critóvão Borges (2013) – 42 jogos
Joel Santana (2013) – 9 jogos
Jorginho Silva (2012-2013) – 29 jogos
Caio Júnior (2012) – 10 jogos
Paulo Roberto Falcão (2012) – 34 jogos
Joel Santana (2011-2012) – 18 jogos
Renê Simões (2011) – 24 jogos
Vagner Benazzi (2011) – 13 jogos
Rogério Lourenço (2011) – 5 jogos

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending