conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Na reestreia de Guto, Bahia controla jogo, vence Athletico e deixa Z4

Divulgação/EC Bahia

Publicados

em

O retorno de Guto Ferreira ao comando do Bahia foi do jeito que todo torcedor esperava: com triunfo. Com um gol no final do primeiro tempo e outro no início do segundo, Raí e Gilverto marcaram os gols do 2 a 0 que tirou o Tricolor do Z4. O jogo marcou o retorno do público à Arena da Baixada. Em campo, o Esquadrão já teve a cara do novo comandante, com uma postura mais cautelosa no meio de campo, apostando nas jogadas de velocidade para sair de campo com o bom resultado.

Como fica?

Com o resultado, o Bahia passa Sport, Santos e Grêmio, assumindo a 16ª posição da tabela, com 26 pontos, o mesmo total do clube pernambucano. O Furacão volta a campo às 19h da quarta-feira, visitando a Chapecoense em Santa Catarina, enquanto o Esquadrão se reencontra com a sua torcida, que volta à Fonte Nova no jogo contra o Palmeiras, às 21h30 da terça-feira.

Primeiro tempo

Desde o início, o jogo não foi dos mais emocionantes. Para além da falha da defesa paranaense que deixou Gilberto de cara com Santos logo no primeiro minuto, a etapa inicial só voltaria a ter finalização certa aos 41 – e em cobrança de bola parada, com David Terans, do Furacão. Mas, mesmo falando dos chutes errados, a primeira finalização dos mandantes só veio aos 25.

O jogo era muito preso no meio de campo e, mesmo com mais posse de bola, os athleticanos não conseguiam apresentar domínio no jogo, com um Tricolor mais bem encaixado em sua proposta, ainda que com dificuldades na criação. O Bahia tinha um jogo fechado na faixa central, dificultando a subida do Furacão, enquanto apostava nas velocidade pelas pontas.

Nisso, os ataques não conseguiam se sobressair. Do lado paranaense, foram duas finalizações de dentro da área e o único chute certo veio em cobrança de falta. Para o Bahia, o time chegava pouco ao último terço, mas com mais perigo, tanto que conseguiu marcar, aos 41, quando o time jogou por cima e Gilberto desviou para Raí, entrando na área. O estreante dominou, invadiu a área e abriu o placar.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Bahia precisou de apenas cinco minutos para resolver o jogo. Quando Juninho Capixaba cobrou falta cruzada para a área paranaense, a defesa ficou pelo caminho e Gilberto apareceu livre, por trás da marcação, para cabecear para o gol.

Com o 2 a 0 no placar, o Athletico tentou aumentar a pressão e buscar um jogo mais propositivo, mas a partida era bastante picotada, o que retardava o desenvolvimento das jogadas. Além disso, a postura defensiva do Bahia conseguia conter boa parte desse desespero ofensivo.

Nisso, o Furacão seguia com dificuldade para entrar na área. Ainda assim, o jogo deixou de acontecer na faixa central de campo para invadir o campo de ataque athleticano.

Nisso, os sulistas até conseguiram boas oportunidades, com Pedrinho, aos 24, e Renato Kayzer, aos 30, mas, em ambas, pararam em boas defesas de Danilo Fernandes, nas únicas finalizações certas do clube no segundo tempo. Aos 45, Nikão ainda colocaria uma bola na trave, mas nada que tirasse o bom resultado da reestreia de Guto no Bahia.

Ficha do jogo

Athletico Paranaense (0)
Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e José Ivaldo (Pedrinho); Marcinho (Khellven), Erick, Richard (Renato Kayser) e Nicolas; Nikão, David Terans (Pedro Rocha) e Bissoli (Christian). Técnico: Alberto Valentim.

Bahia (2)
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Matheus Bahia (Eugenio Isnaldo); Patrick de Lucca (Raniele), Danielzinho (Edson) e Lucas Mugni (Rodriguinho); Raí (Ronaldo César), Juninho Capixaba e Gilberto. Técnico: Guto Ferreira.

Local do jogo: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gols: Raí (43’/1ºT | BAH), Gilberto (4’/2ºT | BAH)
Cartões amarelos: Nikão (CAP), Danilo Fernandes e Luiz Otávio (BAH)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending