conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Everton Felipe revela luta contra depressão e recebe carinho da torcida do Sport

Meia contou que tem enfrentado a doença desde o ano passado

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

O meia-atacante Everton Felipe, do Sport, revelou que tem lutado contra a depressão. No início da noite deste domingo, o jogador reativou uma das redes sociais e publicou um texto onde explica o que tem passado e como vem enfrentando a doença.

LEIA: Ataque do Sport melhora e marca 42% dos gols na Série A em sequência positiva

De acordo com Everton Felipe, ele passou a lidar com a depressão há pouco mais de um ano, quando estava no Atlético-GO por empréstimo do São Paulo – clube que o comprou do Sport em 2018.

“Desde o mês de agosto de 2020 venho enfrentando algo que eu não sei nem como falar, algo que sempre pensava ser frescura, até porque, na minha cabeça, era impossível eu ter depressão”, diz.

“Um garoto de 23 anos, jogando no São Paulo, um dos maiores clube do mundo, com um bom salário, com uma família que me ama e que sempre esteve do meu lado. Ter depressão?! Impossível e muita hipocrisia minha. Era assim que eu pensava”, acrescenta.

Logo depois, Everton Felipe conta que procurou a ajuda de um especialista e tem encarado a doença com esse suporte. Além disso, afirmou que estar no Sport – onde cresceu e tem larga identificação – tem sido importante.

“Estou no Sport, na minha casa, fazendo o que amo e onde eu amo. Isso tem me ajudado demais. À todos torcedores do Sport, quero falar que tudo vai ficar bem, isso é apenas um fase difícil que vai passar. Tudo passa”.

Por fim, agradeceu as mensagens e os carinhos dos torcedores, e fez um pedido para que a exigência dos rubro-negras siga a mesma. “Venho pedir para todos ficarem tranquilos e pedir também para os torcedores do clube que amo, que não deixem de me cobrar por rendimentos melhores, sempre gostei disso, nunca fugi de pressão e, cá entre nós, isso é o gostoso do futebol”.

Everton Felipe surgiu nos profissionais do Sport em 2014 aos 16 anos, como uma grande promessa. Por quase duas temporadas esteve emprestado à base do Internacional e retornou à Ilha do Retiro em 2016, onde se firmou na equipe principal, disputando a maioria das partidas da equipe, até romper o ligamento do joelho em agosto de 2017.

Recuperado da contusão no ano seguinte, disputou seis partidas pelo Leão, quando foi negociado ao São Paulo por R$ 6 milhões. No time paulista, não rendeu o esperado e foi emprestado para o Athletico, Cruzeiro e Atlético-GO. Até rescindir e voltar para o Sport em agosto deste ano.

Nesta segunda passagem, tem alternado entre a titularidade e o banco de reservas – começou jogando na última partida, contra o Corinthians. No total, possui nove partidas.

Publicação na íntegra de Everton Felipe

Fala rapaziada, boa noite.

Tinha desativado as redes sociais por motivos pessoais. Mas hoje à tarde os motivos vieram a público. Então venho aqui falar com as pessoas, torcedores e amigos que torcem por mim. Vou tentar ser breve e rápido.

Desde o mês de agosto de 2020 venho enfrentando algo que eu não sei nem como falar, algo que sempre pensava ser frescura, até porque, na minha cabeça, era impossível eu ter depressão.

Um garoto de 23 anos, jogando no São Paulo, um dos maiores clube do mundo, com um bom salário, com uma família que me ama e que sempre esteve do meu lado. Ter depressão?! Impossível e muita hipocrisia minha. Era assim que eu pensava!

Só que ao passar dos dias, as coisas foram piorando, a tristeza aumentando e uma angústia no peito que era de me matar por dentro.

Procurei um profissional da área, estou me tratando com ajuda desse profissional, de minha família e de todos amigos.

Dizendo isso, venho falar sobre o atual momento. Estou no Sport, na minha casa, fazendo o que amo e onde eu amo. Isso tem me ajudado demais.

À todos torcedores do Sport, quero falar que tudo vai ficar bem, isso é apenas um fase difícil que vai passar, tudo passa.

Dentro de campo, nos treinamentos, nos jogos, vou continuar dando meu máximo, como sempre fiz. Não render como o esperado e ser cobrado por isso, faz parte do futebol e de qualquer outra profissão.

Diante dessa notícia, venho pedir para todos ficarem tranquilos e pedir também para os torcedores do clube que amo, que não deixem de me cobrar por rendimentos melhores, sempre gostei disso, nunca fugi de pressão e, cá entre nós, isso é o gostoso do futebol.

Enfim, desde já, agradeço o carinho e às mensagens de todos!

Carinho da torcida

Nos comentários da publicação das redes sociais de Everton Felipe, diversos torcedores do Sport deixaram uma mensagem de carinho e apoio ao jogador. Confira algumas delas abaixo.

Foto: Reprodução/ Instagram
Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending