conecte-se conosco

BAMASampaio CorrêaSérie BÚltimasVitória

Vitória quebra jejum, ganha e freia reação do Sampaio Corrêa

Foto: Johnney Tavares / SCFC

Publicados

em

O Vitória quebrou o jejum de gols e de triunfos no Campeonato Brasileiro da Série B após mais de um mês. Na noite desta terça-feira (12), o Leão derrotou o Sampaio Corrêa por 1×0, com gol de Eduardo no início da partida, e voltou a encostar na saída da zona de rebaixamento. Em contrapartida, o Tubarão ficou mais distante da briga pelo acesso com o resultado que freou a reação.

O Rubro-negro segue no 18º lugar, mas com 29 pontos e a três do Brusque, primeiro do Z4 e que ainda vai jogar na rodada. No dia 23 de outubro, o Vitória recebe o Brasil-RS, no Barradão, às 16h30. Já o Sampaio Corrêa ficou na 10ª posição com 40 pontos, a oito do G4 ainda com a rodada ser completada e, na terça-feira (19), o adversário será o líder Coritiba, às 21h30, no Couto Pereira.

Fim do jejum e controle

O Vitória iniciou a partida e, logo aos quatro minutos, acabou com a seca de gols que já durava um mês. Eduardo cobrou uma falta rasteira, a bola desviou em Baraka e foi para o fundo das redes. O goleiro Luiz Daniel ainda tentou se recuperar, mas não conseguiu evitar o gol rubro-negro.

Com a vantagem no placar, o Leão foi inteligente no primeiro tempo. Controlou o jogo com e sem a bola. Se defendeu bem e fechou os espaços. O Sampaio Corrêa teve dificuldades para entrar na área e concluir as jogadas. Pimentinha, na individualidade, até tentou criar algo para o Tubarão. Porém, o máximo que conseguiu foi sofrer faltas próximas da área. Já o Rubro-negro chegou outras duas vezes com Marcinho e Manoel, mas não aproveitou as chances.

Jogo travado e triunfo rubro-negro 

Na volta do intervalo, o jogo ficou mais travado e com muitas faltas. O Sampaio Corrêa manteve a posse de bola em busca do empate. Contudo, o Vitória continuou bem postado taticamente com as linhas compactas e negando espaços ao adversário.

Para tentar algo novo, Felipe Surian acionou Ferreira e Léo Artur nas vagas de Nadson e Márcio Araújo. Da metade para o final do segundo tempo, o Tubarão cresceu e criou as melhores chances de igualar. Aos 25, Ferreira cruzou e Lucas Arcanjo se antecipou para evitar o gol. Na sequência, Pimentinha fez uma boa jogada individual e chutou para trás. Léo Artur, em boas condições de finalizar, mandou para fora. Jean Silva também ficou perto e cabeceou por cima. Não foi o suficiente para superar o bloqueio rubro-negro, que garantiu o triunfo.

Ficha do jogo

Sampaio Corrêa 0
Luiz Daniel; Watson, Allan Godói, Nilson Júnior e Alyson (Mascarenhas); Baraka (Jean Silva), Eloir, Márcio Araújo (Ferreira) e Nadson (Léo Artur); Pimentinha e Ciel (Jackson). Técnico: Felipe Surian.

Vitória 1
Lucas Arcanjo; Van, Mateus Moraes, Wallace e Roberto; João Pedro, Eduardo (Caíque Souza) e Bruno Oliveira (Cedric); Fabinho, Marcinho (David) e Manoel (Samuel). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio Castelão, em São Luís-MA.
Árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Gizeli Casaril (SC).
Gol: Eduardo (Vitória), aos 4 do 1ºT; 
Cartões amarelos: Ciel e Alyson (Sampaio Corrêa); Manoel, Lucas Arcanjo e Bruno Oliveira (Vitória).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending