conecte-se conosco

CEFortalezaSérie AÚltimas

Com atuação determinante do VAR, Fortaleza derrota Chapecoense e volta a embalar na Série A

Foto: Dinho Zanotto/AGIF via site da CBF

Publicados

em

Depois de um primeiro tempo morno, a etapa complementar reservou emoções na partida entre Fortaleza e Chapecoense, neste sábado, na Arena Condá, pela 27ª rodada da Série A. E com um desfecho feliz para os nordestinos.

Com atuação determinante do VAR, que anulou três gols na partida, mas marcando pênalti para o Tricolor do Pici já na reta final, os cearenses venceram por 2 a 1 o rival, embalando a segunda vitória seguida no Brasileiro.

Com o resultado, o Leão chega aos 45 pontos somados, na terceira colocação. Na próxima rodada, o Fortaleza volta a campo no sábado, diante do Athletico Paranaense, na Arena Castelão. O duelo acontece às 19h15.

O jogo


Um primeiro tempo de poucas oportunidades e sem tantas emoções, mas que o Fortaleza pressionou bastante. Com mérito, o Leão do Pici achou o gol com Bruno Melo, logo aos cinco, segundos depois de Keiller fazer uma grande defesa e salvar a Chapecoense em finalização de Henriquez. Porém, em um vacilo na reta final, depois de controlar absolutamente a primeira etapa, os cearenses deram de bandeja a chance do Verdão empatar. E assim ocorreu. Aos 41, Rodrigo Silva roubou a bola na saída de Benevenuto e deixou tudo igual na Arena Condá, sem chance para Felipe Alves defender.

Diferentemente da imposição vista nos minutos iniciais, foi o Fortaleza quem acabou ‘sufocado’ pela Chapecoense na volta para o intervalo. Acesa, a Chape criou duas excelentes chances em sequência, ambas com participação de Geuvânio. Na primeira, o atacante limpou dois marcadores do tricolor cearense e a bola bateu na rede pelo lado de fora. Depois, o avançado aproveitou a bola cruzada na área e tocou nela, tirando tinta da trave de Felipe Alves. Após o susto, o Fortaleza voltou mais ao jogo, inibindo as investidas do time catarinense. E a reta final reservou emoções, com atuação determinante do VAR. Primeiro, com gol anulado do Fortaleza; depois, o mesmo aconteceu com a Chape, abrindo, naquele momento a virada por 2 a 1, mas teve o tento também anulado pelo recurso do árbitro de vídeo, que assinalou pênalti para os cearenses, marcado por Pikachu.

Ficha do jogo

Chapecoense 1

Keiller, Matheus Ribeiro, Ignácio, Joílson, Jordan e Mancha; Moisés Ribeiro, Denner e Lima (Ronei); Mike (Henrique Almeida) e Rodrigo Silva (Geuvânio). Técnico: Pintado.

Fortaleza 2

Felipe Alves, Tinga, Benevenuto, Jussa e Bruno Melo; Ronald (Éderson), Felipe e Matheus Vargas (Lucas Lima); Yago Pikachu, Henriquez (Wellington Paulista) e David (Romarinho). Técnico: Vojvoda.


Local: Arena Condá
Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior
Assistentes: Célio Amorim e Flávio Gomes Barroca
Gols: Bruno Melo, do Fortaleza, aos 5′ do 1T; Rodrigo Silva, da Chapecoense, aos 41′ do 1T; Yago Pikachu, do Fortaleza, aos 47′ do 2T
Cartões amarelos:
Ignácio (C), Jordan (C), Geuvânio (C), Pikachu (F),

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending