conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

VAR aparece bem, Confiança perde pênalti, mas vence Avaí por 3 a 1 no Batistão

Reprodução/SporTV

Publicados

em

O Confiança teve uma vitória importante sobre o Avaí neste sábado, mas o destaque do jogo, acima de qualquer jogador, foi o VAR, que chamou a arbitragem três vezes, indicando dois pênaltis para o Dragão, além de validar um gol proletário no triunfo por 3 a 1 sobre os catarinenses no Batistão.

O placar foi aberto por Lohan, desencantando no time, de pênalti. No segundo tempo, Romulo empatou e Lohan poderia ter marcado, mas perdeu um outro pênalti. Ainda assim, Rafael Vila conseguiu marcar e, no finzinho, Neto Berola fechou o placar que mantém uma esperança de permanência para o Confiança nesta Série B.

Como fica?

Com a vitória, Dragão chegou a 28 pontos, ficando a seis da saída da Z4. O Leão, por sua vez, tem 50, só um a mais que o CRB, quinto. Agora, o Confiança vira a chave e volta a campo às 19h da terça, em casa, enfrentando o Sousa, em jogo único pela fase preliminar da Copa do Nordeste. Na Série B, o próximo jogo será na sexta, às 19h, visitando o Guarani, em Campinas. Apenas 2h30 depois, o Avaí recebe o Cruzeiro na Ressacada.

Avaí controla posse, Confiança é efetivo

Os dois times entraram no jogo com propostas diferentes. Para os mandantes, a ideia era um jogo reativo, dando a bola para o Avaí e trabalhando na defesa para buscar a recuperação de bola e encaixar contra-ataques. Quando no campo de ataque, o time apostava em uma marcação alta para tentar aumentar a sua presença ofensiva.

Do lado catarinense, o jogo era de posse de bola e construção ofensiva. Buscando variação na criação, o time impunha dificuldades e confundia a defesa do Confiança, conseguindo transformar o domínio em lances de perigo e dando trabalho ao goleiro Rafael Santos.

Mas isso não significa que o Confiança foi mero espectador. Pegando a defesa leonina na surpresa em suas jogadas rápidas, o time pisou na área adversária várias vezes e teve boas oportunidades – em todas, contudo, a finalização foi para fora.

Uma delas, aos 34, não virou finalização, mas pênalti, ao Diego Renan derrubar Lohan na área. O próprio Lohan bateu no meio e abriu o placar. Com a vantagem, o Confiança conseguiu encaixar sua marcação e não voltou a sofrer riscos na primeira etapa.

Empate, pênalti perdido e gol

Com o placar favorável, o Confiança se permitiu fazer um jogo de contenção. Fechando as linhas e recuando o time, o Dragão deixou o Avaí jogar e tratou de fechar os caminhos para o gol. A estratégia até deu certo no início, mas quando os catarinenses começaram a variar o seu ataque, a defesa sergipana voltou a se perder na marcação.

Assim, o Avaí conseguiu crescer e logo chegou ao empate, aos 15, quando Romulo apareceu por trás da defesa para completar um cruzamento da esquerda. Apenas três minutos depois, o Confiança voltou ao ataque e, mais uma vez, o VAR indicou falta de Diego Renan na área. No novo pênalti, porém, Lohan se desequilibrou e acetou o travessão.

Daí até o fim, o Confiança voltou a buscar o jogo e, na base da pressa, passou a apresentar uma intensidade maior na tentativa de chegar ao último terço. Do lado catarinense, porém, não houve redução de ritmo, o que gerou um jogo mais aberto – e dominado pelos mandantes, que, aos 34, criaram uma boa jogada pela direita da área.

No desespero do Avaí ao ataque, ainda deu para o Confiança marcar o terceiro aos 54, com Neto Berola aproveitando o rebote de uma saída de Glédson para bater para o gol vazio.

Ficha do jogo

Confiança (3)
Rafael Santos; Jonathan Bocão, Nirley, Adalberto e João Paulo; Madison (Neto Berola) e Jhemerson (Rafael Vila); Alvaro, Williams Santana (Vinícius Barba) e Italo (Robinho); Lohan (Tiago Reis). Técnico: Luizinho Lopes.

Avaí (1)
Glédson; Edilson, Betão, Fágner Alemão e Diego Renan (Felipe Saraiva); Jean Cléber, Lourenço (Marcos Serrato) e Jadson (Valdívia); Vinícius Leite (Getúlio), Jonathan Copete e Romulo (Jonathan). Técnico: Claudinei Oliveira.

Local do jogo:Arena Batistão, em Aracaju-SE
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Leila Naiara Moreira da Cruz (Fifa-DF)
Gol: Lohan (37’/1ºT | CON), Romulo (15’/2º T | AVA), Rafael Vila (34’/2ºT | CON), Neto Berola (54’/2º T | CON)
Cartões amarelos: Betão, Jadson (AVA)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending