conecte-se conosco

RNSérie DÚltimas

O ABC é Série C: Wallyson brilha e conduz Alvinegro em goleada do acesso sobre o Caxias

Andrei Torres/ABC FC

Publicados

em

Depois de dois anos na Série D, o maior campeão do mundo pode dizer, com orgulho, que iniciou a sua retomada no cenário nacional e, olhando para o seu futuro, já vê a Série C de 2022. Depois de um empate sem gols no Sul, o ABC ganhou por 3 a 0 do Caxias no Frasqueirão e cravou o seu retorno à Terceira Divisão do futebol brasileiro – algo que ainda parece pouco, dado o tamanho do centenário clube, que, agora, vai em busca de seu segundo título nacional.

Campeão da Série C de 2010, o Elefante viveu temporadas turbulentas nos últimos sete anos, tendo dois rebaixamentos na Série B e um na Série C, de onde saiu em 2019 e retorna em 2022. Antes disso, porém, o time dono de 56 títulos potiguares vai em busca de mais uma taça, disputando a reta final da Série D, que começa já no próximo fim de semana, com a primeira semifinal, contra a Aparecidense, em Aparecida de Goiânia.

O acesso Alvinegro é, também uma vitória do futebol potiguar, que não tinha nenhum time entre as três principais divisões nacionais desde 2019, quando ABC e Globo foram rebaixados lado a lado no grupo A da Série C. E é uma vitória, também, para o maior rival abecedista, o América de Natal, que, com isso, ganhará o direito de disputar a Série D no ano que vem.

O jogo

Em campo, ABC e Caxias protagonizaram um jogo muito aberto e perigoso, com chances claras para os dois times desde os primeiros minutos. Ao longo da etapa inicial, ambas as equipes conseguiram ser propositivas e encontrar brechas nas defesas adversárias para construir suas jogadas de ataque. Nesse esquema, o ABC conseguia ser mais efetivo, criando oportunidades reais com mais frequência.

Mesmo com o jogo aberto, só tivemos gols no segundo tempo. O primeiro veio logo aos 4, quando Netinho cruzou a bola da direita e ela sobrou para um chute forte de Netinho no outro lado. No meio do caminho, o artilheiro Gustavo Henrique desviou e contou com um toque na trave e no zagueiro gaúcho para abrir o placar.

Com gol e assistência, ídolo Wallyson brilha

Dali, o jogo se amarrou e outra chance real só viria aos 25, quando o ABC marcou o segundo. Dessa vez, o gol foi especial, afinal, era o gol do acesso abecedista e não vinha de qualquer jogador, mas de Wallyson, jogador que joga a sétima temporada no Elefante, vem se firmando como um dos maiores ídolos da história do clube e, de quebra, completa 33 anos neste domingo tão especial para a torcida.

Recebendo na esquerda, o atacante limpou a marcação e bateu certeiro para a bola tocar na trave e morrer no fundo das redes. Foi o 22º gol de Wallyson na temporada.

Daí em diante, o Caxias passou a aumentar a pressão para tentar reduzir os danos e buscar a classificação. Não dava mais tempo. O ABC, aproveitando os espaços deixados, ainda conseguia levar mais perigo, tanto que, aos 50, Wallyson encontrou Negueba, que girou, bateu bateu no cantinho e foi para a festa no meio da Frasqueira, podendo gritar a peito aberto que seu time está de volta à Série C.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending