conecte-se conosco

NáuticoPEÚltimas

Com eleição marcada, Náutico terá bate-chapa após 6 anos anos e grupos articulam candidatos

Foto: Tiago Caldas/Náutico

Publicados

em

Com o calendário eleitoral definido, o torcedor do Náutico já pode se preparar para um bate-chapa após seis anos. Ao menos dois grupos devem disputar o pleito no dia 5 de dezembro visando o biênio 2022-2023, embora nenhum nome tenha sido oficializado ainda. Os candidatos vão esperar o limite da inscrição das chapas que é no dia 5 de novembro.

Pelo lado da situação, o nome para candidato a presidente é o de Diógenes Braga. O dirigente, no comando do futebol alvirrubro desde 2018, será o cabeça da chapa. O nome para a vice, no entanto, ainda não está definido. O vice-presidente jurídico, Bruno Becker era um dos cotados, mas hoje a tendência é de que ele não entre na disputa. Assim, o grupo terá de buscar outro nome.

Já a oposição, chamada Inova Náutico, deve ter o empresário Plínio César Albuquerque como candidato a presidente. Ele foi diretor do clube em 2017 e 2018. O grupo conta com outros dirigentes que passaram pelo Timbu na gestão de Edno Melo como Thiago Dias e conselheiros como Aluísio Xavier. Enquanto o nome para a vice-presidência também não está definido.

Desta forma, o Náutico terá um bate-chapa após seis anos. Nas duas últimas eleições, em 2017 e 2019, Edno Melo foi eleito por aclamação. 

Em entrevista coletiva no início do mês, o atual presidente afirmou que não pretende participar do pleito. Porém, se colocou à disposição para ajudar o Náutico depois de deixar o cargo de presidente.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending