conecte-se conosco

Copa do NordestePESanta CruzÚltimas

Árbitro relata em súmula arremesso de objetos e invasão do campo da torcida do Santa

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

O árbitro Leonilson Fernandes Trigueiro Filho, que apitou a eliminação do Santa Cruz para o Floresta na pré-Copa do Nordeste, relatou em súmula toda a confusão na Arena de Pernambuco. Além da invasão de campo ao final do jogo, ele citou também os arremessos de objetos no gramado da torcida coral.

O documento diz que foi arremessado um recipiente de álcool em gel no campo, após o primeiro gol do Floresta, aos 33 minutos do primeiro tempo. Já na etapa complementar, depois do terceiro gol dos visitantes, aos 38 minutos, um par de sandálias e uma garrafa de água mineral foram jogados no gramado.

De acordo com o árbitro, após o término da partida, houve uma invasão generalizada de torcedores do Santa Cruz. Pelo relatado na súmula, houve um confronto com os jogadores do clube e também com seguranças na entrada da zona mista.

Com toda esta confusão, além da eliminação, o Santa Cruz pode ser denunciado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que dispõe sobre “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo”. A punição para este artigo é de perda de um a dez mandos de campo e multa de R$ 100 a R$100.000,00. 

Rebaixado à Série D e fora da Copa do Nordeste, a pior temporada da história do Santa Cruz encerrou nesta terça-feira. O clube só volta a campo em 2022 para disputar o Campeonato Pernambucano e a Quarta Divisão.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending