conecte-se conosco
Allan Aal, técnico do CRB Allan Aal, técnico do CRB

ALCopa do NordesteCRBSérie BÚltimas

CRB: Aal lamenta erros e placar apertado, mas celebra classificação no pré-Nordestão

Divulgação/CRB

Publicados

em

Na noite da quinta-feira, o CRB finalizou uma sequência de sete jogos sem vitórias no Rei Pelé. Contra o River-PI, na segunda fase do torneio preliminar da Copa do Nordeste, o Galo fez valer o favoritismo, aplicou um 2 a 1 e avançou para decidir a vaga na fase de grupos do Regional do ano que vem. Na visão do treinador Alan Aal, essa classificação era uma responsabilidade do clube, ainda que lamentando os erros técnicos que dificultaram que o placar fosse mais confortável.

Para o jogo, os regatianos foram armados com um time com um time misto e, além de Diogo Silva, Marthã, Wesley e Diego Torres, nenhum outro jogador esteve entre os titulares do último jogo do clube na Série B, no empate com o Vila Nova. Assim, Aal viu a escalação como uma oportunidade para o elenco.

“A gente vem procurando desde o começo do trabalho, na minha chegada, valorizar todo grupo, oportunizar todos os jogadores de uma necessidade. A responsabilidade era nossa de passar de fase, com todo respeito ao adversário, mas valorizado o que está sendo feito no dia a dia. A gente avalia de uma maneira muito positiva o que foi feito pela postura do time, de encarar o jogo com responsabilidade, com entrega”, afirmou o treinador.

Apesar disso, o comandante do CRB também lamentou sobre as falhas cometidas pelo time em campo, algo que ele analisou coo natural pelas mudanças que foram aplicadas no time.

“Cometemos alguns erros técnico que é natural até por falta de ritmo e entrosamento. Esperávamos que o resultado fosse mais elástico, que cometêssemos menos erros técnicos. Mas o desentrosamento, a falta de ritmo de jogar 90 minutos, porque entrar durante uma partida é diferente de iniciar. Sabemos que temos mais para dar e, ao mesmo tempo, valorizar o que vem sendo feito”.

Entre os pontos que precisam ser valorizados, Alan também celebrou a atuação do jovem Emerson Negueba, que não vnha tendo muita sequência no time principal, mas marcou ods dois gols do time no jogo.

“Feliz pelo Emerson, que é um patrimônio do clube, é um ativo do clube, vem mostrando no dia a dia que tem um potencial enorme. Esperamos que dê um retorno para o clube não só desportivamente, mas também financeiramente”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending