conecte-se conosco
Vitória_Brasil Vitória_Brasil

BASérie BÚltimasVitória

Vitória aplica chocolate no Brasil de Pelotas e ganha novo fôlego na luta contra o Z4

Foto: Jhonny Pinho/AGIF

Publicados

em

No primeiro jogo com torcida rubro-negra pela Série B, o Vitória fez bonito e aplicou um sonoro chocolate de 4 a 0 diante do Brasil de Pelotas, rival direto na luta contra o rebaixamento, no Barradão, na tarde deste sábado. Aplicado na defesa e produtivo no ataque, o Leão Baiano marcou três gols logo na primeira etapa, com Fabinho, David e Roberto, de pênalti, praticamente sacramentando o triunfo sobre o Xavante, e David, mais uma vez, no segundo tempo, fechou a goleada.

Com o resultado – o segundo triunfo consecutivo no campeonato -, porém, o Vitória segue na zona de rebaixamento do Brasileiro, com 32 pontos conquistados, na 18ª colocação, mas a dois da Ponte Preta, primeiro time fora do Z4, e com quem joga em confronto direto na próxima rodada, no Moisés Lucarelli. A partida acontece às 16h30 do sábado (30).

Vitória faz primeiro tempo irretocável e constrói resultado

Irretocável e aproveitando a superioridade ofensiva, o Vitória, com méritos, construiu uma larga vantagem sobre o Brasil de Pelotas, que até tentou esboçar alguma reação no início e no final da primeira etapa, mas não conseguiu ser efetivo, parando na trave e em Lucas Arcanjo. Já o Leão baiano, não. Depois de chegar ao gol de Marcelo em cinco oportunidades, o time rubro-negro abriu, finalmente, o placar. Aos 35, após receber bom passe na entrada da área, Fabinho bateu forte, rasteiro e no canto para deixar o Vitória à frente do marcador. Um minuto depois, mais um gol, em nova brecha defensiva do Xavante. David recebeu bola enfiada, avançou e mandou uma bomba para ampliar a vantagem rubro-negra no Barradão. Ainda querendo jogo, o Vitória seguiu pressionando e, em lance de cobrança de falta batida por Roberto, a bola bateu na mão de Arthur, dentro da área. O árbitro foi ao VAR, assinalou a penalidade e o próprio Roberto converteu.

Na segunda etapa, apenas administra e ainda faz mais um, novamente com David

Natural pelo placar elástico, o Vitória apenas administrou a vantagem no segundo tempo, sem forçar jogadas ofensivas e trabalhando a bola com tranquilidade. Já o Brasil, tentando sair mais um pouco para jogo, na tentativa de diminuir o placar adverso, lançou-se ao ataque. E logo chegou. Aos 13, Renatinho recebeu cruzamento, antecipou-se a Wallace e cabeceou com muito perigo ao gol de Lucas Arcanjo. Depois, aos 18, em nova jogada aérea, Erisson tentou o cabeceio, mas muito mal. A partir daí, contudo, o Xavante nada mais fez. Já o Leão baiano tentou se aproveitar mais das partidas de contra-ataque, e teve uma chance clara, mas desperdiçada por Marcinho. O atacante dominou a bola na grande área, frente a frente com Leandro Camilo e finalizou. A bola, porém, saiu pelo lado errado. Em nova oportunidade, o Rubro-negro não pecou. Aos 36, Roberto enxergou David avançando pelo meio na defesa do Brasil de Pelotas, cruzou e a joia da base do time baiano deu um lindo cabeceio, estufando as redes de Marcelo pela quarta vez.

Ficha do jogo

Vitória 4

Lucas Arcanjo, Raul Prata (Van), Mateus Moraes, Wallace (Thalisson Kelven) e João Pedro; Roberto, Fabinho (Alisson) e Eduardo (Fernando Neto); David, Bruno (Caíque Souza) e Marcinho. Técnico: Wagner Lopes.

Brasil de Pelotas 0

Marcelo, Vidal, Arthur Henrique (Everton), Alan Dias (Leandro Camillo) e Kevin; Diego Gomes (Patrick), Bruno Matias e Rildo (Sousa); Renatinho (Caio Rangel), Netto e Erison. Técnico: Jerson Testoni.

Local: Barradão
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Gols: Fabinho, do Vitória, aos 35′ do 1T, David, do Vitória, aos 36′ do 1T, Roberto, do Vitória, aos 50′ do 1T; David, do Vitória, aos 36′ do 2T
Cartões amarelos: Caíque Souza (V), Alan Dias (B), Arthur (B), Bruno Matias (B), Roberto (V),

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending