conecte-se conosco
Lucas Lima Fortaleza Lucas Lima Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

Buscando se firmar, Lucas Lima tem primeiro gol e primeira assistência no Fortaleza

Leonardo Moreira/FEC

Publicados

em

Entro todos os reforços que o Fortaleza trouxe nesta temporada, talvez nenhum tenha gerado tanta expectativa entre os torcedores quanto o meia Lucas Lima, que foi anunciado há exatos dois meses como novo jogador do Pici. Desde então, porém, o jogador até teve boas atuações, mas não conseguiu ser efetivo, e, só agora, contra o Athletico-PR, em seu nono jogo pelo Tricolor, desencanta, com direito a gol e assistência.

Em campo, foi a primeira vez que Juan Pablo Vojvoda manteve o meia ao longo de todos os 90 minutos de uma partida. Antes, ele havia sido substituído em cinco oportunidades e acionado do banco em outras três. Isso, além de nem ser acionado em outras duas partidas do clube na Série A – por já ter jogado pelo Palmeiras, Lucas não pode atuar na Copa do Brasil.

Sua chegada ao clube coincidiu justamente com o pior momento leonino neste Brasileirão, com o meia presente nos quatro últimos dos seis jogos que o time passou sem vitórias entre agosto e setembro. Com Lucas, na verdade, o Fortaleza só ganhou três jogos, contra o Sport, na 22ª rodada, contra a Chapecoense, na 27ª e, agora, contra o Athletico, na 28ª.

Em campo, porém, sua contribuição vinha sendo sentida, com o jogador tendo boas atuações mesmo nas derrotas contra Atlético-MG (pelo Brasileirão) e Internacional. Retrato disso é a avaliação da plataforma SofaScore, que já indica o jogador com a segunda maior nota média entre os atletas do Fortaleza no Brasileiro. Ainda assim, o jogador vem tendo oscilações e não é unanimidade, tanto que não vem sendo titular absoluto de Vojvoda.

Mesmo com o baixo número de jogos, Lucas já é o quinto jogador com mais cruzamentos (31) pelo Leão no campeonato, além de estar bem perto dos top-10 de interceptações e finalizações, segundo a plataforma fbref. Ele tem uma média de acerto de 84% nos passes e 70% nos dribles.

Ainda assim, faltava a participação direta para o meia, algo que ele resolveu logo aos cinquenta segundos do jogo contra o Furacão, marcando um gol na sobra da bola que Bruno Melo tinha colocado na trave. Na etapa final, ele ainda apareceu para cruzar da esquerda na segunda trave, onde Róbson esperava para ampliar.

Antes, Lucas não balançava as redes desde 11 de março, na vitória do Palmeiras sobre o São Caetano no Campeonato Paulista. Naquele jogo, o jogador também deu um gol e uma assistência, mas, desde então, tinham sido 14 presenças em campo, sem nenhuma participação direta em gol. Com isso,

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending