conecte-se conosco
CRB CRB

ALCRBSérie BÚltimas

CRB promete luta até o fim pelo acesso e mira vitória contra Coxa; Veja provável time

Foto: Francisco Cedrim/CRB

Publicados

em

O CRB não vence há quatro jogos na Série B – seu pior jejum nesta edição – e agora entra na reta decisiva da competição. Restam apenas sete jogos e a distância para o G4 é de dois pontos. Distância totalmente plausível de se alcançar, mas é preciso dar uma resposta. A oportunidade de deslanchar vem nesta terça-feira (26), diante do Coritiba, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, às 19h15. E a equipe alvirrubra mantém o sonho de pé, acreditando a todo momento que vai chegar entre os quatro classificados ao fim da Segundona.

“Até a última rodada o campeonato será assim, equilibrado e muito intenso. Temos dois pontos atrás do primeiro clube dentro do G-4. Não podemos vacilar. Temos que ter um ritmo forte até a 38º rodada para chegarmos a meta: colocar o CRB na primeira divisão nesta temporada”, disse o volante Jean Patrick.

Diante do líder da competição, o Galo da Pajuçara pode tentar se aproveitar da fase de oscilação do adversário. Isso porque o Coritiba vinha também enfrentando um jejum de quatro partidas e venceu o Sampaio Corrêa na rodada passada. Ou seja, ainda vem tentando recuperar uma estabilidade. Situação boa para o CRB também virar a sua página. Contudo, o grupo sabe da dificuldade da partida e, mesmo respeitando o adversário, quer se impor dentro de casa.

“O Coritiba tem uma grande equipe e está fazendo um campeonato praticamente perfeito, sem erros. Eles têm mais de 60% de aproveitamento na Série B. Isso é um número importante, mas em nossa casa não podemos deixar de vencer. Respeitamos o momento deles, mas queremos a vitória”, acrescentou.

Jean Patrick, inclusive, deve retornar à equipe titular do CRB nesta terça, na vaga de Wesley. Além disso, o Galo não conta com o volante Marthã para a partida, já que cumpre suspensão após ser expulso diante do Vila Nova. Desta forma, a equipe montada pelo técnico Allan Aal deve ser formada por: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei, Jean Patrick e Diego Torres; Pablo Dyego, Jajá e Nicolas Careca.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending