conecte-se conosco
Thiago Rodrigues, goleiro do CSA Thiago Rodrigues, goleiro do CSA

ALCSASérie BÚltimas

CSA sofre duas vezes mais gols quando não tem o goleiro titular Thiago Rodrigues

Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

Fora do CSA há dois jogos, o goleiro Thiago Rodrigues ainda não é certeza para retornar ao time nesta semana – o que é uma dor de cabeça para o time alagoano, uma vez que, sem o seu arqueiro titular, o time toma o dobro de gols em relação a quando ele está sob as barras.

Após se machucar na vitória sobre o Brusque, no dia 9, Thiago segue em tratamento para uma limitação nos movimentos do ombro direito, já tendo se ausentado dos jogos contra Goiás e Operário Ferroviário, no qual foi substituído por Lucas Frigeri, que sofreu sete gols entre os dois jogos.

Ao longo desta Série B, Thiago já participou de 23 jogos, cedendo 17 gols, um a cada 119 minutos. Com ele, o time só sofreu mais de um gol duas vezes: no 3 a 2 sobre o Brusque e na derrota por 2 a 0 para o Botafogo. Ele não sofreu gols em nove jogos, 39% do total.

Se a sua média se estendesse por todo o rendimento do time, o CSA teria sofrido 23 gols na Série B, tendo a melhor defesa do campeonato, garantindo o “clean sheet” em 12 partidas. A realidade, porém, é diferente, com o time tendo sido vazado em 31 oportunidades e só passando ileso em 10 jogos. Isso acontece pela queda de rendimento do time na ausência de Thiago.

Sem ele, foram oito jogos completos, além o segundo tempo contra o Brusque. Nessas oportunidades, 14 gols sofridos, número quase igual ao que Thiago sofreu em um número bem maior de jogos. A média é de um a cada 55 minutos. Foram quatro jogos com mais de dois gols sofridos (2×2 Vasco, 0x2 Sampaio, 1×3 Goiás e 2×4 Operário) e apenas um sem ser vazado, todos esses com Lucas Frigeri.

E, quando olhamos apenas para os jogos dele, que é o reserva imediato do Marujo, os números são ainda mais alarmante, afinal Frigeri tem média de um gol sofrido a cada 49 minutos, com 12 tentos em “seis jogos e meio”.

Agora, para o jogo contra o Vasco da Gama, Thiago Rodrigues segue em recuperação e, caso não recupere condições de jogo a tempo da partida, marcada para a sexta-feira, a tendência é de mais uma oportunidade para Frigeri dar a volta por cima e começar a melhorar esses números.

Goleiros do CSA nesta Série B

Thiago Rodrigues – 17 gols sofridos em 23 jogos (um a cada 119 minutos)
Lucas Frigeri – 12 gols sofridos em 7 jogos (um a cada 49 minutos)
Darley – 1 gol sofrido em 1 jogo (um a cada 90 minutos)
Raul – 1 gol sofrido em 1 jogo (um a cada 90 minutos)

Sem Tiago Rodrigues – 14 gols sofridos em 9 jogos (um a cada 55 minutos)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending