conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport aguarda atualização na CBF para voltar a ter Pedro Henrique disponível na Série A

Zagueiro tem quatro jogos pelo Leão e vem treinando normalmente

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Depois do arquivamento da denúncia coletiva contra o Sport no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o clube viabiliza a volta de Pedro Henrique entre os jogadores disponíveis para a reta final da Série A. O defensor não vinha sendo utilizado de forma preventiva pelo Rubro-negro desde o fim do setembro, quando a surgiu a notícia de infração por conta da suposta irregularidade dele em campo – algo que foi negada pela procuradoria na tarde desta quarta, sendo, assim, atestada a aptidão do zagueiro.

LEIA: STJD arquiva denúncia de nove clubes da Série A contra o Sport por escalação irregular de Pedro Henrique

“Ele não foi utilizado nesse período por precaução. Tomamos, preventivamente, a decisão de não utilizá-lo esperando o desfecho. Agora, com o desfecho, estamos esperando a atualização do sistema de contratos da CBF para poder colocá-lo à disposição do departamento de futebol. Aí usá-lo ou não vai depender do treinador”, explicou o vice-presidente de futebol Augusto Carreras nesta tarde.

Durante o desenrolar do caso, Pedro Henrique seguiu treinando normalmente no CT do Sport, tanto a forma física, quanto tática e técnica. O zagueiro, que chegou para ser o reserva imediato de Rafael Thyere, disputou quatro partidas pelo Leão (contra São Paulo, Chapecoense, Athletico e Fortaleza).

Segundo o vice-presidente de futebol, a atualização no sistema da CBF deve ocorrer de forma breve. “É uma coisa rápida, a princípio. Precisa parametrizar”, afirmou.

Pedro Henrique está no Sport emprestado pelo Internacional e tem contrato até o fim desta Série A. Além dele, outras opções para o setor são Thyere, Sabino, Pedrão e Chico. 

Recepção do elenco 

Junto à delegação rubro-negra em Atibaia, Augusto Carreras revelou que a notícia do arquivamento do STJD trouxe bastante alívio aos jogadores e demais componentes do futebol. 

“Inegável que traz um alívio grande para a delegação. Por mais que a gente passasse toda a situação, em todos os momentos colocamos como tava cada passo do processo para os atletas, eles tinham conhecimento de tudo. A gente não passou o otimismo, mas a realidade. O Sport estava com um bom direito e imaginávamos que o desfecho seria positivo”, disse Augusto Carreras.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending