conecte-se conosco

PESanta CruzÚltimas

Pileggi encaminha rescisão com o Santa Cruz cinco meses depois de ter sido dispensado

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

Fora dos planos do Santa Cruz há quase seis meses, o lateral direito Fernando Pileggi, de 22 anos, enfim chegou a um denominador comum com o Tricolor e terá o distrato com o clube publicado no BID da CBF em breve, oficializando formalmente sua saída do time, segundo apurou o NE45.

Isso porque, nos bastidores, Pileggi, que veio emprestado pelo Santos, já havia sido comunicado há muito tempo da decisão do departamento de futebol sobre o desejo do clube em não contar com o jogador, apesar do ala ter atuado em apenas 45 minutos com a camisa coral- na ocasião, na derrota por 2 a 0 para o Sete de Setembro, no Arruda, pelo Campeonato Pernambucano.

Inclusive, logo após o revés para o time setembrino dentro de casa, o discurso da diretoria de futebol, então gerida pelo executivo Fabiano Mello, seria de recondicionar o atleta, o afastando, em um primeiro momento, dos treinos com o grupo, e até da intertemporada em Aldeia, quando o plantel iniciava a preparação com foco na Série C.

Na prática, porém, não foi isso que aconteceu. Com a decisão tomada, Pileggi retornou quase que imediatamente a São Paulo, onde mora, juntamente com a esposa, grávida, para ficar com a família, sem participar de atividades no Arruda, como anteriormente havia sido dito. Escanteado, o nome do jogador, diga-se, deixou até de aparecer no presskit divulgado pela assessoria de imprensa tricolor, já na estreia contra o Manaus, pelo Brasileiro. (Veja fotos abaixo)

Foto: Reprodução/Coral Press

Desde então, o atleta e o Santa Cruz buscavam uma maneira de aparar as arestas e resolver a situação. Até porque uma multa de aproximadamente R$ 100 mil seria cobrada pelo Santos ao clube pernambucano em caso de distrato antecipado, já que Pileggi acertou vínculo com o Tricolor até dezembro deste ano.

Quem também confirmou a informação obtida pela portal foi o diretor jurídico da Cobra Coral, Lucas Gouvea, na tarde desta sexta-feira.

“A gente conseguiu formalizar um acordo com o atleta com o Santos e o procurador em relação a algumas verbas que estavam em aberto pelo clube, e esse acordo tem definido algumas bases que são proveitosas para todas as partes. A gente devia alguns valores e eles serão quitados e existia uma cláusula que de fato impunha uma multa ao Santa Cruz em face do Santos por descumprimento de algumas cláusulas em relação ao empréstimo. A gente está mitigando essa multa, o Santos está abrindo mão do valor da multa em virtude da realização do acordo e saneamento da dívida. Então, a gente considera exitosa a negociação”, explicou o dirigente.

Pileggi chegou ao Arruda com status de promessa, em meados de abril, mas com uma grande responsabilidade: sanar a carência de atletas na posição de lateral direito, àquela altura a mais carente do elenco. Contudo, perdeu completamente o espaço logo após a chegada de Digão e Weriton para disputarem a posição – atletas que, inclusive, já não fazem mais parte do Santa Cruz.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending