conecte-se conosco
Náutico Sede Náutico Sede

NáuticoPESérie BÚltimas

Náutico antecipa parte da cota da Copa do Brasil de 2022

Foto: Tiago Caldas/Náutico

Publicados

em

Em reta final de temporada, próximo de passar por eleições, um assunto movimentou os bastidores do Náutico. O pedido de adiantamento de parte da cota do Copa do Brasil de 2022, no valor de R$ 250 mil, feito pela atual gestão do clube, como forma de ajudar a manter as contas em dia, diante do atual cenário de dificuldade financeira. A informação foi divulgada primeiramente pelo repórter Filipe Farias, da Rádio Jornal, e confirmada pela reportagem do NE45.

O valor adiantado faz parte dos R$ 560 mil que o Náutico tem direito apenas pela cota de participação no torneio nacional, relativo à primeira fase da Copa do Brasil. Dos R$ 250 mil, já depositados pela CBF (de acordo com a imagem do comprovante, obtido pelo NE45, logo abaixo na matéria), 20% da quantia, que equivale a R$ 50 mil, já estaria retido pela Justiça do Trabalho, seguindo acordo com o Alvirrubro para o pagamento de dívidas. Assim, R$ 200 mil iriam diretamente para os cofres do Náutico, que o usaria para os fins citados anteriormente.

Foto: Divulgação

O problema desse adiantamento é que ele não passou pelo Conselho Deliberativo (CD) do Timbu. De acordo com o estatuto do Náutico, através do seu artigo 60, o poder executivo do clube não pode antecipar receitas de um período que seja posterior à sua gestão sem a autorização prévia do CD, junto ao parecer do Conselho Fiscal da instituição.

“A Diretoria Executiva não poderá antecipar nem comprometer as receitas ordinárias ou extraordinárias do Clube por período superior ao do seu mandato, em benefício de sua gestão, nem comprar, vender ou emprestar direito federativo ou econômico de qualquer atleta profissional nos últimos três meses do término do seu mandato sem prévia autorização do Conselho Deliberativo, mediante parecer do Conselho Fiscal, sendo ineficaz o ato em contrário”, diz o regimento alvirrubro.

Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), evitou falar em antecipação. Porém, confirmou o pagamento da CBF ao Náutico.

“Esse é um pagamento feito anualmente para todos os clubes pela classificação para a Copa do Brasil. É um depósito referente ao crédito que o clube faz jus pela Copa do Brasil. Em Pernambuco, como todos conhecem, é feita na conta judicial por conta das execuções trabalhistas. Não tem antecipação, mas sim um pagamento. No momento em que o clube se classifica para a Copa do Brasil, tem direito a R$ 500 mil. Mas não vai para o clube, vai para Justiça para as execuções trabalhistas ”, disse o mandatário da FPF.

O documento abaixo mostra que o Náutico comunicou ao Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) sobre o depósito feito pela CBF, e solicita a liberação do montante de R$ 200 mil para as contas do clube, visando o pagamento da folha salarial dos atletas, juntamente com os direitos de imagem, que estão em atraso.

Foto: Divulgação

A reportagem do NE45 tentou contato com o presidente do Náutico, Edno Melo, ao longo da tarde deste sábado (30) para que ele explicasse o caso, mas não conseguimos o contato. O mandatário, contudo, se pronunciou através de suas redes sociais na tarde deste domingo (31). Ele classificou o caso como “tentativa de polêmica”, por ser uma “eventual consulta” à CBF.

“A tentativa de polêmica a respeito de eventual consulta sobre antecipação de pagamentos, e até mesmo sobre recebimento regular da CBF, deveria se encerrar com os esclarecimentos prestados pelo clube e pela FPF. Qualquer debate além disso é dar corda a interesses individuais que desejam apenas tumultuar. O debate eleitoral é saudável quando realizado no plano das propostas, e não das tentativas infrutíferas de depreciação da gestão. O CNC está em outro momento, esses quatro anos mostraram quão importante é a unidade em torno do projeto de clube. Seguimos firmes”, disse o presidente Edno Melo.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending