conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio celebra retomada do Náutico após derrotas fora: ‘Olhar para frente’

Confira, na íntegra, a entrevista coletiva do técnico após vencer o Coritiba

Foto: Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

O Náutico voltou a vencer e bateu o Coritiba por 2 a 1, na tarde deste sábado, no estádio dos Aflitos, pela 34ª rodada da Série B. Depois do confronto, o técnico Hélio dos Anjos destacou a estratégia diante do líder da competição e celebrou a retomada da equipe depois de duas derrotas seguidas fora de casa.

“Priorizamos tudo da melhor equipe do campeonato. Tiramos todo o potencial do adversário, mais uma vez com marcação alta, linha alta, muita dedicação. Ninguém aqui gostou do gol que tomamos, porque queríamos quebrar também essa questão do gol tomado, mas dentro daquilo da proposta de trabalho, fomos, sim, perfeitos”, avaliou.

Além disso, o comandante, ao ser questionado na entrevista coletiva, evitou avaliar se o Náutico poderia estar em uma condição melhor na Segundona. Atualmente, o Alvirrubro figura em oitavo lugar, com 48 pontos, sete abaixo do Goiás – que empata com o Operário no momento da publicação desta matéria.

“Olha, eu não vou lamentar. Acho que nós fomos hoje o que nós somos. Nós não fomos o que nós somos nos dois jogos fora de casa, isso foi o que falei para os meus jogadores. Hoje a frase que sempre gosto de usar no aspecto emocional foi: ‘não olhem para trás’, o que a gente quer é pra frente, não vamos lamentar. Vamos jogar o que temos condições de jogar, então acho que não dá para lamentar, é futebol, 38 rodadas, várias e várias situações que surgiram dentro dessa competição para nós. Então, eu prefiro olhar para frente e prefiro pensar que temos condições de ganhar do Confiança e continuar o nosso final de temporada muito feliz”, concluiu o treinador.

Na sequência do campeonato, o Timbu enfrenta o Confiança, nesta quinta-feira, no Batistão.

Confira outros trechos da entrevista coletiva

Três volantes.

“Vocês falaram que Jesus é volante. Jesus não gosta de jogar como volante, ele tem dificuldade de jogar por trás, naturalmente nós temos na versatilidade do Rhaldney, nós temos alternativas muito boas no meio campo. O Rhaldney vem crescendo muito no aspecto ofensivo, é um jogador que se tiver que atuar como primeiro, ele faz, mas se atuar como segundo, ele também faz. Ele foi muito importante. Agora, o mais importante, a profundidade que teríamos que dar no lado direito, o garoto Thassio deu muito, principalmente no primeiro tempo. O conjunto teve coisas positivas mais do que falar do que jogar em três volantes. Vejo que a versatilidade dos jogadores no meio de campo me permitiu fazer esse tipo de posicionamento”.

O que significa essa vitória em termos de tabela? Dá para sonhar?

“Nós vamos sonhar em ganhar do Confiança. Nós vamos trabalhar para ganhar do Confiança. Temos jogadores importantes para fazer um grande jogo lá em Sergipe e naturalmente, nós temos, acima de tudo, o somar de pontos pode ir aumentando sim as possibilidades de realizar algo que, na minha visão, hoje, é muito, muito complicado”.

Formatação do meio de campo.

“Ninguém, naturalmente, sabe que usaríamos essa formação. Mas os jogadores sabiam pois havíamos treinado. Rhaldney é versátil, dei total liberdade para Thassio ter profundidade, que fez uma partida irrepreensível. E a mobilidade de Jesus e Trindade foi muito positiva. Posso usar o modelo, mas não vai ser os mesmos jogadores que trabalharam hoje porque perdi Trindade, Caio, Marciel, Jean. Então a gente pode usar esse modelo mas com outros jogadores e vamos ver o que é melhor para o jogo contra o Confiança”

Substituições.

“Infelizmente o juiz reserva, que fica o tempo todo preocupado com o banco e esquece algumas funções, quebrou um tempo meu de substituição. Isso é absurdo. Tanto que fizemos três de uma vez só. Jesus, na nossa visão, agregaria um pouco mais. Tínhamos uma preocupação com Vinícius e ficamos a mercê de fazer as três. Vi as três substituições como positivas, Marciel entrou muito bem na função, para mim é um jogador hoje muito qualificado, está aprimorando algumas situações para crescer ainda mais na carreira. Djavan entra na função natural, Álvaro também. Mas acho que acabamos prejudicados porque os jogadores poderiam ter rendido mais se tivéssemos mais uma parada porque minha decisão de substituição poderia ter sido outra em função de ter mais um tempo de parada”.

Análise sobre Thassio.

“Thassio foi perfeito. Ele já tinha ido muito bem contra o Brusque, quando sabíamos que ele poderia ter sentido pelo tempo parado. Hoje a profundidade pelo lado direito foi dada por ele, a marcação de um dos principais jogadores da divisão, Igor Paixão. Ele jogou, ele tem personalidade, gosto dele porque ele tem facilidade do drible quando pressionado, como Hereda, mas ele tem mais ainda. Então um jogador que chega bem no fundo, é lúcido, e tenho que parabenizar o trabalho que foi feito com ele. Sei que às vezes as pessoas falam que Hélio não usa a base, mas eu uso a base se a base me oferecer. Muitas vezes eles não podem ter oportunidade porque na frente tem outros jogadores, mas olho muito o dia-a-dia. Cobro muito, minha comissão técnica tem autorização para exigir o máximo deles, Dudu faz isso. Então não adianta falar que tem que usar A ou B. Às vezes não uso porque não tenho resposta no dia-a-dia. Então é o que eu falo, o jogador da base, que tá iniciando, tem que treinar todos os dias nem se for para jogar um minuto. Thassio é muito valente, participativo e fiquei feliz. Tinha preocupação porque Igor é um belo jogador, mas Thassio foi aquilo que pensamos. Acho que no Brasil, em atividade hoje, não tem um treinador que colocou tantos jogadores da base para jogar nas suas equipes. Se eu começar a citar aqui.. então tenho muito cuidado, mas muita ousadia. Agora, tem que me oferecer. Tivemos hoje Carlão com 19 anos, Thassio com 20 para 21, Luan um lateral-esquerdo já estava no banco hoje com possibilidade de jogar. Então estou feliz porque acho que o Náutico precisa desses meninos”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending