conecte-se conosco
Gum, zagueiro do CRB Gum, zagueiro do CRB

ALCRBSérie BÚltimas

CRB perde para a Ponte fora e desperdiça chance de entrar no G4 da Série B

Galo teve rendimento abaixo e termina rodada em sexto lugar

Foto: Divulgação/ CRB

Publicados

em

O CRB não fez um boa partida e acabou derrotado por 1 a 0 para a Ponte Preta, na noite deste domingo, e desperdiçou a chance de entrar no G4 da Série B. O gol sofrido pelo Galo foi marcado por Léo Naldi, no fim da primeira etapa do duelo válido pela 34ª rodada da competição.

E agora?

Com o resultado, o time regatiano fica no sexto lugar, com 54 pontos, um abaixo do Goiás, que abre o G4. Na sequência do campeonato, o CRB enfrenta o Londrina, nesta quarta, no Rei Pelé.

O jogo

O primeiro tempo, no geral, foi morno. Mas o Galo não apresentou-se bem. Ofensivamente, esteve lento e pragmático, e pouco produziu. No total, finalizou apenas três vezes, mas somente uma com perigo. Aos 19 minutos, Jajá e Guilherme Romão fizeram rápida jogada pela esquerda, que acabou em cruzamento para Nicolas Careca. O atacante se movimentou bem e finalizou forte, mas a bola saiu ao lado da trave. Mas foi só.

Por outro lado, na defesa, o Galo também mostrou falhas, chegando atrasado na marcação e cometendo faltas – foram três cartões apenas na etapa inicial. Numa delas, inclusive, Diogo Silva levou um susto em cobrança de Renato Santos que acertou a trave.

Pouco depois, em nova investida da Macaca, Caetano e Gum demonstraram indecisão em quem ir até a bola, que acabou em finalização de Fessin desviada pelo capitão regatiano. Inferior no jogo e vendo a Ponte rondar a área, o CRB sucumbiu.

Em ataque sofrido pela direita, a marcação regatiana não protegeu a área e Moisés Acionou Léo Naldi, que recebeu livre, entrando na área, e só teve o trabalho de finalizar no canto para deixar o abrir o placar e deixar o Galo em desvantagem, aos 43.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o técnico Allan Aal indicou insatisfação com a produção da equipe e mudou duas vezes, com as entradas de Marthã e Júnior Brandão. E pode-se dizer que uma das trocas até surtiu certo efeito, já que Brandão foi responsável pela melhor chance do time no jogo: aos 15 minutos, fez bom giro na área mas parou na trave.

Porém, acabou sendo a única oportunidade criada pelo Galo, que teve atuação bem discreta de Diego Torres, peça mais criativa do time. Assim, Aal voltou a fazer alterações para melhorar a produção ofensiva, com as entradas de Renan Bressan, Wesley e Pablo Dyego, todas antes dos 22 minutos.

Entretanto, o CRB não conseguiu melhorar e, na reta final, sequer pressionou a Ponte Preta, que conseguiu segurar a vitória e impor ao time alvirrubro a derrota na Segundona.

Ficha

Ponte Preta

Ivan; Felipe Felippi; Fábio Sanches, Rayan (Ednei), Rafael Santos; Yago, Léo Naldi (Marcos Júnior), Fessin (Thalles); Niltinho (Iago), Rodrigão e Moisés. Técnico: Gilson Kleina

CRB

Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano, Guilherme Romão; Claudinei (Marthã), Jean Patrick (Wesley), Diego Torres (Renan Bressan); Emerson Negueba (Pablo Dyego), Nicolas Careca (Júnior Brandão) e Jajá. Técnico: Allan Aal

Local: Moisés Lucarelli, Campinas
Gols: Léo Naldi (CRB)
Cartões amarelos: Jean Patrick, Claudinei, Negueba, Diogo Silva (CRB); Rodrigão (PON)
Cartão vermelho:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending