conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Na luta contra o Z4, Sport precisa de 83% de aproveitamento na reta final do Brasileirão

Rubro-negro tem margem de erro praticamente zero; veja cenário

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

A situação era difícil para o Sport, mas ficou ainda pior depois da derrota para o América-MG, na última quarta-feira. Afundado na zona de rebaixamento, o Rubro-negro tem uma partida a mais que os concorrentes e, na reta final do Brasileirão, necessita obter 83.3% de aproveitamento para permanecer na elite nacional – o rendimento após 32 jogos é 31.3%

LEIA: Florentín liga alerta para emocional e mira reta final do Sport na Série A: ‘Vamos lutar’

Neste momento, o Sport tem 30 pontos e precisa de mais 15 para atingir os 45 – número tido como historicamente seguro para não ser rebaixamento. Entretanto, o clube pernambucano tem apenas seis jogos em disputa e precisa vencer cinco, ou seja, margem de erro praticamente zero.

Na classificação, o Rubro-negro figura em 18º lugar, com 36 pontos, seis abaixo do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Esquadrão, por sua vez, tem dois jogos a menos que o Leão e situação cômoda: possui apenas 9% de chance de queda à Segundona.

Enquanto isso, o Ceará – outro nordestino envolvido na luta contra a degola -, aparece com apenas 4.4% de probabilidade de rebaixamento, no 12º lugar (39 pontos). O Sport, por fim, tem 97.7% de possibilidade de jogar a Série B em 2022. Os números, aliás, são do departamento de matemática da UFMG, especialista em cálculos no Brasileirão.

Nas partidas restantes da Série A, o Rubro-negro enfrenta, em ordem, Ceará (fora), Bahia (casa), São Paulo (fora), Flamengo (casa), Chapecoense (fora) e Athletico (casa).

Em entrevista coletiva após a derrota para o América-MG, o técnico Gustavo Florentín demonstrou preocupação em recuperar a parte emocional dos jogadores e afirmou que o Sport vai lutar em todos os jogos enquanto houver chance.

Confira, abaixo, as partidas dos nordestinos

Sport (seis jogos)

– Ceará (fora)
– Bahia (casa)
– São Paulo (fora)
– Flamengo (casa)
– Chapecoense (fora)
– Athletico (casa)

Bahia (oito jogos)

– Flamengo (fora)
– Sport (fora)
– Cuiabá (casa)
– Grêmio (casa)
– Atlético-GO (fora)
– Atlético-MG (casa)
– Fluminense (casa)
– Fortaleza (fora)

Ceará (sete jogos)

– Sport (casa)
– Fortaleza (fora)
– Atlético-GO (fora)
– Corinthians (casa)
– Flamengo (fora)
– América-MG (casa)
– Palmeiras (fora)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending