conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Defesa cai de rendimento e bola aérea vira calo nos últimos jogos do Sport no Brasileirão

Time levou gols a partir de cruzamentos em todas as derrotas de série recente

Publicados

em

A defesa é o principal trunfo do Sport desde o início do Campeonato Brasileiro, mas o setor vem passando por um momento de queda de rendimento. Nas últimas cinco partidas, o Rubro-negro levou nove gols, quantidade jamais atingida anteriormente neste recorte de jogos na competição.

LEIA: Direção do Sport planeja cenários de queda e permanência, mas diz: ‘Não jogamos a toalha’
LEIA: Vice do Sport desabafa sobre calendário e cita jogo com o Fla: ‘Explicações não nos convencem’

Além disso, nesta sequência de nove gols sofridos, cinco deles (ou seja, mais da metade) saíram em lances de cruzamentos aéreos. Para se ter uma ideia, nas 27 rodadas anteriores, o Leão havia levado apenas sete gols em jogadas pelo alto. 

A série negativa começou na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, onde ambos os gols do Alviverde ocorreram assim. Depois, diante do Red Bull Bragantino, outra vez o Rubro-negro foi vazado desta forma.

Contra o Atlético-GO, porém, o Sport saiu ileso. Mas, frente ao Fluminense, voltou a sofrer assim e, por fim, contra o América-MG, o primeiro e o terceiro gol no revés por 3 a 2 saíram nesse tipo de lance.

À parte deste recorte, o Rubro-negro só havia sido vazado em jogada aérea contra o Fortaleza (no segundo turno), Atlético-MG (segundo turno), Flamengo, Fluminense (primeiro turno), Palmeiras (primeiro turno), Corinthians (primeiro turno) e Internacional (primeiro turno).

Em entrevista coletiva, o técnico Gustavo Florentín foi questionado sobre a deficiência que o setor defensivo vem tendo no quesito e destacou que as correções terão de ser feitas através de vídeos.

“A única coisa que podemos fazer é que temos que insistir em dar confiança para eles. Neste momento temos que trabalhar no que diz respeito ao audiovisual, não há tempo para fazermos um trabalho específico nisso, devido à continuidade dos jogos e que eles possam, primeiro, aceitar o erro e poder corrigir. Desse modo fica mais fácil. Temos três dias para conversar sobre isso e que eles não podem nos causar mais estragos nessa situação”, disse o treinador. 

Depois de figurar por muito tempo como a segunda melhor defesa da Série A – atrás apenas do líder Atlético-MG -, o Sport caiu neste ranking e é o sexto time menos vazado do campeonato, com 32 gols sofridos. 

Gols sofridos pelo Sport 

Nos últimos cinco jogos: 9 (5 em jogada aérea)
Nas 27 partidas anteriores: 22 (7 em jogada aérea)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending