conecte-se conosco

PEPernambucanoÚltimas

Íbis empata com Petrolina e retorna à 1ª Divisão de PE após 22 anos; Caruaru City ganha a A2

Ibismania/Divulgação

Publicados

em

O pior time do mundo está na elite. Na tarde deste domingo, o Íbis visitou o Petrolina na última rodada da Série A2 e empatou por 2 a 2, garantindo o acesso à Primeira Divisão do Campeonato Pernambucano, 22 anos depois da última participação. Ao lado do Pássaro Preto, o Caruaru City, vivendo a sua primeira temporada profissional também conseguiu o acesso e o título da A2.

Em campo, o Íbis sentiu o gosto do título por nove minutos. O time saiu atrás com gol de Erick Bahia logo aos cinco do segundo tempo, mas buscou a virada com gols de Roberto, aos 23, de falta, e Ewerton Bala, aos 42. A vitória daria o título ao time, ainda mais com o fim do jogo em Caruaru, com o empate do City.

Depois do gol rubro-negro, porém, o jogo virou uma confusão generalizada, com presença da Polícia Militar e rendendo dois cartões vermelhos para cada time. E, depois, aos 51, Ígor marcou o gol do empate do Petrolina, o que tirou o sonho da taça para o Íbis.

Assim, a taça ficou para o Caruaru City, que ficou em um empate sem gol frente ao já eliminado América. Esse foi o primeiro torneio (e, consequentemente, primeiro título) profissional para os caruaruenses.

O Íbis

Ao longo da história, o Íbis, fundado em 1938, já disputou a elite do Pernambucano em 46 oportunidades, tendo sido quinto colocado do certame em quatro oportunidades. As presenças na elite aconteceram em 1947-1950, 1952-1970, 1972-1976, 1978-1994 e 2000, ano em que foi rebaixado como vice-lanterna, com 11 pontos ganhos em 18 jogos.

A fama, porém, não veio pelas brigas no topo, mas pela complicada sequência de três anos e 11 meses sem vitória, reconhecida pelo Guinness Book como a pior de um time de futebol.

Além disso, claro, os rubro-negros também conseguiram uma grande proporção após adotar um perfil satírico nas redes sociais ao longo dos últimos anos, abraçando a alcunha de pior do mundo e crescendo tanto nas redes sociais, onde aparece como 29º time com mais seguidores do país, à frente, inclusive do Náutico; quanto nos patrocínios, com o clube tendo, hoje, o maior patrocinador master da sua história.

Assim, o clube chegou, neste ano, para mais uma temporada na Série A2, e acumulou bons resultados sendo vice-líder entre os sete clubes do Grupo A na primeira fase, vice do Grupo D na segunda fase e, novamente, vice no quadrangular final da A2.

Caruaru City e Íbis terminaram o torneio com cinco pontos ganhos e vantagem agrestina no saldo. O Petrolina teve quatro pontos e o América fechou em quatro, com um.

Com isso, Íbis e Caruaru City se juntam a Afogados, Náutico, Retrô, Salgueiro, Santa Cruz, Sete de Setembro, Sport e Vera Cruz na elite estadual, enquanto Central e Vitória das Tabocas foram rebaixados nesta temporada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending