conecte-se conosco
CRB no Rei Pelé CRB no Rei Pelé

ALCRBSérie BÚltimas

Auxiliar admite abatimento após revés do CRB, mas crê em recuperação por acesso

Foto: Francisco Cedrim/CRB

Publicados

em

A derrota do CRB para o Brusque, fora de casa, foi um banho de água fria enorme para o Galo da Pajuçara na briga pelo acesso na Série B. Caso vencesse o time catarinense, o Alvirrubro já estaria dentro do G4 do campeonato ao fim desta 36ª rodada. Contudo, o resultado não veio e a equipe sentiu o baque. O pós-jogo contou com um vestiário abatido, vendo a chance de acesso diminuir, mas ainda crê que é possível alcançar o objetivo.

“O vestiário estava muito abatido após o jogo de hoje, a gente se mobilizou para esse jogo, o objetivo era a vitória. O time com o intuito de fazer uma final e, infelizmente, a gente foi derrotado. Mas tem dois jogos ainda, a gente tem 57 pontos e totais condições (do acesso). Não depende só da gente, mas há condições e, enquanto houver, a gente vai buscar. O grupo está muito imbuído nesse objetivo”, ponderou o auxiliar técnico do CRB, Anderson Valiñas.

O auxiliar esteve no comando do Alvirrubro no lugar do comandante Allan Aal, que operou o joelho após se lesionar comemorando um gol. Valiñas avaliou também que não acredita em uma queda de desempenho do CRB nesta reta final de Série B. Nos últimos 10 jogos, os alagoanos somam três vitórias, quatro empates e três derrotas, uma situação que agrava a busca pelo acesso. Porém, na visão do comando, isso se dá também pelo crescimento de outras equipes na reta final da Segundona.

“Eu vejo que as equipes estão se preparando mais para enfrentar as outras. Assim como a gente se prepara para enfrentar os adversários, eles de igual forma. E a competição está na reta final, as equipes se arriscam menos dentro do jogo, eu não vejo que não estamos conseguindo extrair mais (dos jogadores)”, afirmou.

O CRB volta a campo nesta quinta-feira (18) pela terceira fase da seletiva da Copa do Nordeste, no jogo de volta contra o Moto Club, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL. Depois de perder por 2 a 1 na ida, em São Luís-MA, o Galo precisa vencer por dois gols de diferença para conseguir a vaga de forma direta para a fase de grupos do Regional. Se vencer por um gol de diferença, a decisão vai para as penalidades.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending