conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Guto explica opções e admite Bahia aquém, mas diz: ‘Perdemos a batalha, não a guerra’

Treinador avaliou o cenário da derrota para o Sport e da Série A; veja

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Publicados

em

O Bahia não fez um bom jogo e perdeu para o Sport por 1 a 0, na noite da última quinta-feira, na Arena de Pernambuco, e retornou para a zona de rebaixamento. Após o clássico, o técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva e reconheceu a atuação ruim do Esquadrão. Ao mesmo tempo, porém, ressaltou que não tinha nada perdido no Campeonato Brasileiro e pediu apoio nos jogos finais.

“A equipe esteve bem aquém do que a gente vinha jogando, infelizmente. A atuação culminou com essa derrota, que não estava nos planos. Mas nós perdemos uma batalha, não perdemos a guerra. Sabíamos que não seria fácil. Talvez essa situação de achar que seria um pouco mais fácil é porque ficamos uma sequência de sete jogos sem perder. Mas aconteceram duas derrotas seguidas. Agora temos dois jogos em casa”, avaliou o técnico.

Guto Ferreira ainda explicou as opções que fez na equipe. Primeira, a escolha por Maycon Douglas como titular, que substituiu Matheus Bahia, suspenso – Juninho Capixaba foi recuado para a lateral.

 “A parte ofensiva, velocidade. Ele teve pelo menos dois oi três lances interessantes. Mas, infelizmente, como faz tempo que não joga, acabou se desgastando e nos últimos 10 minutos já não conseguia fazer o vai e vem. Por isso a mudança”, disse.

Por fim, falou também sobre a alternativa pela saída de Daniel no intervalo, que deu lugar a Rodriguinho – muitos torcedores criticaram e creditaram a isso uma queda de rendimento do Esquadrão.

“Primeiro, por questão de força. O jogo estava muito embasado na força. Aí vão falar: ‘Mas e o Rodriguinho?’. Rodriguinho porque a gente precisava de um cara mais agressivo. E, para fazer aquela função, era ele. Trouxemos Mugni um pouco mais para trás. É um jogador que, na parte defensiva, equilibra mais que Daniel. Daniel dava muita saída de bola, mas, no combate homem a homem, os três jogadores do meio do Sport tinham uma leve vantagem no físico contra Daniel. Taticamente, parte do jogo dele foi muito bom. Mas a gente precisava arriscar. Arriscamos. E, infelizmente, não colhemos o resultado”, concluiu Guto.

Com o resultado, o Tricolor ficou no 17º lugar, com 36 pontos, três abaixo do Juventude, primeiro time fora da zona de rebaixamento do campeonato. Na sequência, o Bahia recebe o Cuiabá, neste domingo, na Arena Fonte Nova.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending