conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Tiago Nunes freia empolgação e prega pés no chão no Ceará sobre vaga na Libertadores

Vozão vive crescente e está mais perto do G6 do que do Z4, mas treinador mantém cautela

Foto: Felipe Santos/ SC

Publicados

em

Após um início irregular, o Ceará registra o melhor momento sob o comando do técnico Tiago Nunes e justamente na reta final do Campeonato Brasileiro. Nas últimas cinco partidas, o Alvinegro venceu quatro, sendo uma delas de goleada sobre o maior rival Fortaleza. Além disso, aproximou-se da luta por em competições continentais, quatro pontos abaixo do disputa inclusive por Taça Libertadores.

Apesar de a matemática mostrar um cenário possível e do desempenho em campo dar confiança, o técnico Tiago Nunes tratou de frear a empolgação e pregou pés no chão. De acordo com ele, o Vozão sequer assegurou a permanência na Série A e pensa uma partida de cada vez, sem projeções.

Atualmente, o Ceará aparece no décimo lugar, com 45 pontos, quatro abaixo do Fortaleza, que abre o G6. Em relação à zona de rebaixamento, a distância é de nove pontos para o Bahia, 17º colocado.

“Na verdade não atingimos o primeiro objetivo. Temos pés no chão, a vitória (no clássico) nos dá confiança para o resto da competição. Mas matematicamente ainda não atingimos nosso primeiro objetivo, que é livrar da zona de rebaixamento. Lógico que nos aproximamos bem também do sexto colocado, mas temos que pensar jogo a jogo”, iniciou.

“Sou um profissional que gosto de valorizar cada jogo, para mim é importante que tenhamos a serenidade de avaliar com racionalidade em cada jogo, entender o que temos pela frente, porque os adversários também estão vencendo na parte debaixo da tabela e promete ser uma briga acirrada até a última rodada”, seguiu Tiago Nunes.

“Então temos que primeiro atingir esse objetivo matematicamente e dentro disso, ao mesmo tempo, olhar para cima. E primeiro não pensar em Libertadores, mas na oportunidade de jogar uma competição internacional, que seria uma Sul-Americana. E a partir daí se tiver capacidade de buscar uma vaga além disso, saberemos só ao fim da competição”, concluiu o treinador.

De acordo com o departamento de matemática da UFMG, especialista em cálculos no futebol, as chances de rebaixamento do Ceará são de 0.083%. Já para a Copa Sul-Americana é de 77.5% e para a Taça Libertadores, de 6.5%.

Entretanto, a tendência é que haja aumento de vagas para a principal competição continental, haja visto que a decisão dela esse ano tem Flamengo e Palmeiras, além de que as finais da Copa do Brasil e ‘Sula’ também podem ampliar essas vagas a depender dos respectivos campeões.

Na sequência do campeonato, aliás, o Alvinegro enfrenta o Atlético-GO, neste sábado, em Goiânia.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending