conecte-se conosco

CECearáFortalezaSérie AÚltimas

Depois do título do Athletico na Sul-Americana, veja situações de Fortaleza e Ceará pela Libertadores

Leonardo Moreira/FEC; Staff Images/via Conmebol; Felipe Santos/Ceará SC

Publicados

em

Fortaleza e Ceará têm compromissos neste sábado, enfrentando, respectivamente, Palmeiras e Atlético-GO. Suas torcidas, porém, tiveram um compromisso antes dos jogos da noite: secar o Athletico-PR na final da Copa Sul-Americana. Não deu certo. Após vencer o Red Bull Bragantino por 1 a 0, o Furacão ficou com o bicampeonato do torneio e basicamente definiu quantas vagas o Brasileirão vai distribuir para a Copa Libertadores do ano que vem.

Originalmente, as vagas na Liberta vão do 1º ao 4º da Série A para a fase de grupos, e para 5º e 6º na pré-Libertadores. Do 7º aos 12º, existem as classificações à Copa Sul-Americana.

Neste ano, porém, será diferente. Com Flamengo (2º) e Palmeiras (3º) garantindo uma das vagas já pelo título da Copa Libertadores, que será definido na semana que vem, a vaga do vencedor pelo Brasileirão será passada para o time seguinte da lista, ampliando G4, G6 e G12 para G5, G7 e G13.

Ainda há, porém, outra ampliação. Na Copa do Brasil, o Atlético-MG, líder disparado e com presença quase no G4, enfrenta o Athletico-PR, que já se classificou pelo título conquistado neste sábado. Com isso, a lista de classificações internacionais já é ampliada para G6 na fase de grupos da Libertadores, G8 na pré-Libertadores e G14 na Sul-Americana.

Ou seja, os seis primeiros colocados do Brasileirão (G6) vão à fase principal da Copa Libertadores. Os dois times seguintes (G8/G9 – descontando o Athletico-PR) estarão na fase preliminar do torneio. Para os seis times na sequência (G14/G15 – descontando o Athletico-PR), vão as vagas na Copa Sul-Americana.

Radar nordestino

Entre os nordestinos, isso interessa diretamente a Fortaleza e Ceará. O Leão começou a rodada na sexta colocação, com apenas dois pontos de gordura dentro do G6 e precisará encerrar o campeonato dentro desse grupo para se classificar à fase de grupos da Liberta. Para selar a classificação à Libertadores independente da fase, a gordura do Fortaleza dentro do G8 é de cinco pontos.

Para o Ceará, que começou o dia na 10ª colocação, a distância para o G6 é de cinco pontos, com três equipes entre o grupo e o Vozão. Para ir à Libertadores, o Ceará já tinha a mesma pontuação do Fluminense, perdendo, apenas, pelo número de vitórias. Assim, como ainda joga hoje, o time tem a chance de terminar o dia dentro do grupo que vai à Libertadores.

O Bahia também pode ter sua vida alterada por essa definição de vagas internacionais. Dentro do Z4 da competição, o time torce para que o Furacão esteja entre os 14 primeiros times do Brasileirão, de forma que o 15º possa ir à Sul-Americana. O Tricolor começou a rodada a apenas três pontos do Juventude, time que ocupa essa posição.

O Sport ainda tem chance matemática de alcançar essa 15ª colocação, mas, com apenas quatro jogos restantes e seis pontos de distância, esse cenário já é mais complicado, com o time focando exclusivamente em escapar do rebaixamento.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending