conecte-se conosco

ALBACRBSérie BÚltimasVitória

CRB ganha, segue vivo na luta pelo acesso e complica situação do Vitória

Foto: Divulgação/CRB

Publicados

em

O resultado positivo era uma obrigação para o CRB, na luta pelo o acesso, e para o Vitória, na briga contra o rebaixamento. Ao final, na noite desta segunda-feira (22), no Rei Pelé, quem teve mais competência e eficiência foi o Galo para continuar sonhando em subir e derrotar o Leão por 3×1, com gols de Renan Bressan, duas vezes, e Pablo Dyego. Enquanto Fernando Neto marcou para os rubro-negros.

Ainda com um jogo a ser realizado na rodada, o CRB subiu para o 5º lugar com 60 pontos e tem apenas um a menos que o G4. Portanto, na última rodada, diante do Operário, domingo (28), às 16h, no Germano Kruger, precisará vencer e torcer contra um ou dois dos concorrentes diretos (Avaí, Goiás e Guarani, este último a depender do complemento da rodada).

Já o Vitória desperdiçou a oportunidade de sair da zona de rebaixamento e ficou no 18º lugar com 40 pontos. Também no domingo, o Leão recebe o Vila Nova, no Barradão. Além do triunfo, a equipe terá de torcer por tropeços do Londrina e Remo.

Intensidade, gols e superioridade rubro-negra

O jogo começou de forma intensa e antes do primeiro minuto já havia saído um gol. Aos 45 segundos, Renan Bressan cobrou uma falta da direita e mandou para a área. A bola passou por todo mundo, Lucas Arcanjo não defendeu e foi para o fundo das redes.

O Vitória não sentiu a desvantagem e foi para cima do Galo. Pressionou e respondeu em sequência. Fabinho chutou e Diogo Silva defendeu. Logo depois, Raul Prata cruzou, David cabeceou e o goleiro salvou o CRB. Ele só não conseguiu segurar o chute de Fernando Neto. Aos 15 minutos, o meio-campista rubro-negro avançou com liberdade e mandou de canhota no ângulo para deixar tudo igual. 

A postura do Leão foi a mesma com o 1×1 no placar. Na tentativa da virada, a equipe ocupou o setor ofensivo e rondou a área do adversário, mas sem tanta efetividade. Em uma das chances criadas, David arrematou forte de fora da área, mas a bola passou próximo da meta de Diogo Silva.

Eficiência regatiana

A postura do CRB mudou na volta do intervalo e o time foi mais incisivo. Assim, o cenário de um gol no início se repetiu. Ainda aos três minutos, o Galo retomou a vantagem. Celsinho cruzou da direita e Renan Bressan acertou um bonito chute da entrada da área no canto de Lucas Arcanjo para fazer 2×1.

O jogo ficou mais equilibrado e com chances dos dois lados. Mas os donos da casa tiveram competência para chegar ao terceiro. Aos 29, Diego Torres cobrou uma falta, Lucas Arcanjo espalmou e Pablo Dyego completou para o gol. O Vitória, na base do desespero, se jogou ao ataque na reta final. Porém, pouco assustou e sequer conseguiu diminuir o placar. João Pedro ainda foi expulso antes do apito final.

Ficha do jogo

CRB 3
Diogo Silva; Celsinho, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei, Jean Patrick, Bressan e Diego Torres; Émerson e Nicolas Careca. Técnico: Allan Aal.

Vitória 1
Lucas Arcanjo; Raul Prata, Thalisson, Wallace e Roberto; João Pedro, Fernando Neto (Eron) e Eduardo (Hitalo); Fabinho, Marcinho (Cedric) e David (Bruno Oliveira). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gols: Renan Bressan (CRB), aos 45 segundos do 1ºT e aos 3 do 2ºT; Fernando Neto (Vitória), aos 15 do 1ºT; Pablo Dyego (CRB), aos 29 do 2ºT.
Cartões amarelos: Nicolas Careca e Gum (CRB); Eduardo e Marcinho (Vitória).
Cartão vermelho: João Pedro (Vitória)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending