conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hereda e Thassio juntos, Carpina… Hélio projeta Náutico para encarar o Cruzeiro

Timbu deve entrar em campo cheio de jovens para se despedir da temporada

Foto: Tiago Caldas/ CNC

Publicados

em

O confronto do Náutico diante do Cruzeiro, na noite desta quinta-feira, no Mineirão, pela última rodada da Série B, será uma oportunidades para os pratas da casa. Em entrevista coletiva na prévia do confronto, o técnico Hélio dos Anjos deu algumas pistas da escalação e confirmou que a equipe titular deve ser formada em maioria por jogadores revelados na base do Alvirrubro.

Cercado de expectativas, o meia Juninho Carpina, por exemplo, será utilizado na função que se sente mais cômodo: pelo centro, na armação. Nos últimos jogos, ao lado de Jean Carlos – referência do time -, ele foi deslocado da função.

Além disso, outro jogador que será utilizado é o lateral-direito Hereda, recuperado de lesão. O que pode implicar no avanço de Thássio para o setor ofensivo, conforme deixado em aberto pelo treinador. Na defesa, por sua vez, o setor deve ser composto por Carlão e Rafael Ribeiro.

Jogadores, aliás, como Camutanga, Jean Carlos e Vinícius – que inclusive já se despediu do clube – entraram de férias antecipadas e não estão disponíveis, assim como Matheus Jesus (suspenso).

“Quero fazer o aproveitamento desde o início com Hereda, mas posicionando Thassio em outra situação de jogo. Mas também pode iniciar juntos. Estamos vendo o que é melhor. Carpina vai jogar na função que ele gosta, o meia central. E algumas coisas que estamos batendo para ficar legal e fazermos um grande jogo para despedir da temporada dignamente”, indicou Hélio.

O cenário de jogo sem disputa, inclusive, se estende também ao Cruzeiro. O time mineiro, porém, terá casa cheia para se despedir de jogadores como Rafael Sóbis e Ariel Cabral, que fizeram história recentemente.

“O que mais estou gostando desse jogo é que eles estão esperando 61 mil pessoas. Porque isso traz motivação especial, é bom para os jovens que vão iniciar, bom para o espetáculo. Vejo uma influência positiva e quero que o nosso grupo tire proveito disso, da oportunidade, de ter o privilégio de jogar em um Mineirão com 61 mil contra o Cruzeiro. Então tudo isso iremos desenvolver na parte psicológica e contando sempre com um bom rendimento dos meninos, sem exigência anormal. Não tem porque exigir coisas anormais de um grupo que está fazendo o último jogo. Mas acima de tudo estou feliz de ter um jogo com muita motivação em função de homenagens justas e merecidas dos jogadores do Cruzeiro que serão homenageados”, concluiu o treinador.

Provável escalação

Desta forma, um provável Náutico teria: Anderson; Hereda, Carlão, Rafael Ribeiro e Guilherme Nunes; Djavan, Trindade e Carpina; Thassio, Murillo e Alvaro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending